Internautas dizem que filme apocalíptico da Netflix PREVIU desastre nos EUA

Publicidade

É de arrepiar! Na noite do último dia 3 de fevereiro, um trem descarrilou em East Palestine, Ohio, próximo da divisa com a Pensilvânia, nos Estados Unidos, e causou um grande derramamento de cloreto de vinila, substância altamente inflamável e cancerígena.

Por conta disso, cerca de 2.000 moradores de localidades próximas foram obrigados a saírem de suas casas. Cerca de 50 vagões, dos 150 que compõem o trem, saíram do trilho. Névoa e odores intensos foram registrados entre Ohio e Pensilvânia, após o cloreto de vinila, vazado, ter explodido e pegado fogo. O material pode ser mortal, causar queimaduras ou, se inalado, sérios danos ao pulmão.

Acontece que algo extremamente semelhante aconteceu também no cinema e não demorou muito para que a internet dissesse que a Netflix previu o grave acidente. Mais precisamente o filme Ruído Branco, do diretor Noah Baumbach. O longa, que saiu em dezembro do ano passado na plataforma, é baseado no romance homônimo de Don DeLillo e acompanha a história de uma família cuja rotina é interrompida e jogada em puro caos quando um acidente industrial ocasiona a liberação de um gás tóxico bastante letal após o descarrilhamento de um trem. Até mesmo a substância liberada foi a mesmíssima.

Confira algumas reações:

Porém, claro, vale destacar que o filme segue uma premissa bem mais apocalíptica, mas as semelhanças são bastante assustadoras. Inclusive, além do acidente ter ocorrido no mesmo local do filme – Ohio – a família de Ben Ratner – um figurante do filme da Netflix – estava também próximo ao acidente real e relatou o desespero do momento. “A primeira metade do filme é quase exatamente o que está acontecendo aqui”, disse Ratner na quarta-feira (8), quatro dias após a evacuação. (via CNN)

Bizarro, né? Ruído Branco está disponível no streaming e o acidente real segue sendo investigado.

Leia também:


Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: