Não é preciso ser expert em animação para notar que os efeitos visuais e a computação gráfica de South Park (1994) e da nova geração de Star Wars (2015) são diferentes. De um a outro, muitos anos se passaram. A semelhança, no entanto, é que as duas produções foram conduzidas pelo mesmo profissional, o especialista em realidade aumentada e produtor de efeitos visuais, Terrence Masson.

O trabalho de Masson inclui longas-metragens, animação, broadcast, videogames e mídia interativa em 30 anos de produção em computação gráfica. Atualmente, ele também dedica parte de seu tempo às aulas que leciona na School of Visual Arts, (SVA), em Nova York.

O produtor é um dos keynotes do Pixel Show 2018, maior festival de criatividade da América Latina que acontece em São Paulo nos dias 10 e 11 de novembro. Em sua 14ª edição, o evento pretende ultrapassar o público de 40 mil pessoas, registrado em 2017.

Além de trazer um histórico sobre a evolução da computação gráfica, Masson vai aproveitar o espaço para apresentar seu novo projeto demo de realidade virtual, conduzido com o desenhista, ilustrador e animador Bill Plympton e alunos da SVA. A conversa também vai tratar do que é preciso para ter sucesso na produção de animação e efeitos visuais para diversas plataformas e mostrar a importância da colaboração interdisciplinar e da busca pela educação.

Quando perguntado sobre o cenário brasileiro versus o internacional para a computação gráfica, Masson foi categórico. “Tudo precisa andar junto, educação, emprego, expressão da comunidade e, não só no meu ou no seu país, estamos tendo alguns desafios nesses quesitos. Nós, como uma comunidade artística e educacional internacional, precisamos, por vezes, manter a força e alcançar a excelência para motivarmos a comunidade criativa global”, disse.

E para os estudantes brasileiros, que conhecem Masson só pelo seu livro “CG101: A Computer Graphics Industry Reference”, leitura obrigatória em todo o mundo para executivos de estúdios, fica a dica: o professor está de olho em recrutar brasileiros para suas turmas, na escola de Nova York.

O Pixel Show 2018 acontece nos dias 10 e 11 de novembro no espaço Pro Magno, em São Paulo. O evento tem como missão inspirar os criativos para criarem novos legados, proporcionando às gerações futuras um país e mundo melhor. O festival de criatividade reúne atrações gratuitas para toda a família, como games de realidade virtual, exposições, espaço kids, festival gastronômico, música, tattoo, entre outros. Entre os conteúdos, o evento trará palestras sobre artes, áudio, design, publicidade, música, empreendedorismo, tecnologias e cinema. Para as apresentações nas salas e auditórios, o interessado deve adquirir os ingressos com antecedência pelo site Pixelshow.co.

Comments