Tim Ballard, que inspirou Som da Liberdade, é acusado de má conduta sexual

Publicidadespot_img

POLÊMICA! Tim Ballard, o fundador da vida real e ex-CEO da Operation Underground Railroad, retratado por Jim Caviezel em Som da Liberdade, foi acusado de má conduta sexual, de acordo com uma matéria publicada pela Vice. Segundo a reportagem, sete mulheres estão o acusando. 

A Operation Underground Railroad é uma organização fundada em 2013, cuja missão é combater o tráfico sexual de crianças. Em um comunicado à publicação, a organização teria confirmado que Ballard “renunciou da O.U.R. em 22 de junho de 2023” e que “ele se separou permanentemente da O.U.R.”

O grupo afirmou que “contratou um escritório de advocacia independente para conduzir uma investigação abrangente de todas as alegações relevantes“, mas não fará mais comentários “para preservar a integridade de sua investigação e proteger a privacidade de todas as pessoas envolvidas“.

Embora Ballard tenha inspirado o filme, sua conexão com o Som da Liberdade não é exatamente clara: ele não é mencionado como roteirista ou produtor. No entanto, ele compareceu a eventos no tapete vermelho do filme no final de junho e agosto.

Apesar das polêmicas envolvendo sua passagem pelos cinemas, Som da Liberdade conseguiu ultrapassar a marca dos US$ 200 milhões nas bilheterias mundiais.

Nos EUA, o longa arrecadou US$ 183.2 milhões. No mercado internacional, foram US$ 27.3 milhões.

Com arrecadação global de US$ 210.5 milhões, a produção se tornou a 17ª maior bilheteria do ano – superando blockbusters como Dungeons & Dragons (US$208.1M), Shazam! Fúria dos Deuses (US$133.8M) e Mansão Mal-Assombrada (US$106.6M).

Sobre Som da Liberdade

Protagonizado por Jim Caviezel, de “A Paixão de Cristo”, o suspense – que é líder em todos os países da América Latina e acumula mais de 182 milhões de dólares nas bilheterias dos Estados Unidos – é baseado em uma história real e acompanha o ex-agente especial do Governo Americano Tim Ballard (Jim Caviezel), que embarca em uma missão arriscada para resgatar crianças vítimas de tráfico infantil. Na Colômbia, Ballard decide deixar seu cargo no Governo para seguir em busca da quadrilha em sua jornada que, agora, se torna pessoal.

O filme conta ainda com Bill Camp, Cristal Aparicio e Javier Godino no elenco. A produção tem roteiro assinado por Rod Barr e Alejandro Monteverde, com distribuição internacional da Angel Studios e nacional da Paris Filmes em parceria com a 360 Way Up.

No Brasil, o longa será lançado no dia 21 de setembro, pela Paris Filmes.

Leia também:


Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: