Round 6 | Homem é condenado à MORTE por levar série da Netflix para Coreia do Norte

Publicidade

Olha que tenso! A rádio norte-americana Free Asia revelou na semana passada que cópias de Round 6, série sul-coreana, foram contrabandeadas para a Coreia do Norte em pendrives. Agora, segundo o veículo, o homem que supostamente levou o conteúdo para o país foi condenado à morte pelo governo norte-coreano.

Além disso, o estudante que comprou uma cópia da série foi condenado à prisão perpétua, enquanto os colegas que assistiram aos episódios deverão fazer cinco anos de trabalho forçado.

“Isso tudo teve início na semana passada, quando um estudante de ensino médio comprou um pendrive contendo Round 6 e assistiu com um amigo em sala de aula. O amigo contou para outros estudantes, que ficaram interessados e fizeram o pendrive circular. Eles foram pegos por censores após serem denunciados”, explicou uma fonte ao Radio Free Asia.

Esta foi a primeira vez que o governo norte-coreano aplicou a lei de Eliminação do Pensamento e Cultura Reacionários, promulgada no fim do ano passado. Com ela, o estado tem direito de condenar qualquer cidadão que assistir ou distribuir títulos produzidos em países capitalistas rivais, como Estados Unidos e Coreia do Sul, por exemplo.

Até o momento a Netflix não se pronunciou sobre o caso.

Leia também: 6 séries da Netflix parecidas com Round 6 para você maratonar

Na trama da série, um grupo de centenas de cidadãos com problemas financeiros é escolhido para participar de um doentio jogo de sobrevivência onde competem por um prêmio em dinheiro.


Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo quase todo dia. Se inscreve! Dá uma olhada no nosso vídeo mais recente:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

xxx
Última Notícia
Publicidade

Mais lidas

spot_img

Mais recentes

spot_img
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com