Alerta de spoilers de Falcão e o Soldado Invernal à seguir!

No segundo episódio de Falcão e o Soldado Invernal, Sam Wilson (Anthony Mackie) descobre a verdade sobre um Capitão América Negro quando James ‘Bucky’ Barnes (Sebastian Stan) revela a história de Isaiah Bradley (Carl Lumbly). 

Confira tudo no vídeo abaixo ou no texto a seguir:

Após Sam abrir mão do escudo do Capitão América – confiado a ele por um aposentado Steve Rogers (Chris Evans) em Vingadores: Ultimato – Bucky traz o Falcão para Baltimore, Maryland, onde Sam conhece Isaiah e seu neto Eli Bradley (Elijah Richardson). Bucky diz ao adolescente para relatar a seu avô recluso que “o cara do bar em Goyang está aqui”, explicando a Sam: “Tivemos um confronto durante a Guerra da Coréia.”

Lá dentro, Bucky apresenta Sam a Isaiah: “Ele era um herói. Um dos que a HYDRA mais temia. Como Steve.”

Eles se conheceram em 1951 – “Se por acaso”, Isaiah aponta, “você quer dizer que eu bati na sua bunda, sim” – quando os militares dos EUA colocaram Isaiah atrás das linhas inimigas para “ir lidar com” o evasivo assassino conhecido como Soldado Invernal. Isaiah diz que pegou metade do braço de metal de Bucky em sua luta em Goyang, que ele substituiu por cortesia de sua estadia em Wakanda. “Eu só queria ver se ele recuperou o braço”, diz Isaiah, “ou se ele veio me matar.”

Não sendo mais o assassino da HIDRA com lavagem cerebral que era temido por meio século, Bucky diz a ele: “Eu não sou mais um assassino.” Mas não é por isso que eles estão aqui.

Depois de sua relutante parceria com John Walker, o novo Capitão América (Wyatt Russell) e Lemar Hoskins, seu super-herói parceiro Estrela Negra (Clé Bennett), Sam e Bucky descobrem que um grupo anarquista anti-patriotismo chamado Apátridas é alimentado pelo Soro de Super Soldado que deu a Steve e Bucky – e Isaiah – suas habilidades sobre-humanas.

Mas Isaiah os ordena que saiam de sua casa e se recusa a revelar o que ele pode saber sobre esta nova raça de super soldado.

“Você sabe o que eles fizeram comigo por ser um herói? Eles colocaram minha bunda na prisão por 30 anos”, disse ele à dupla de Vingadores. “Pessoas fazendo testes, tirando meu sangue, entrando na minha cela. Mesmo seu pessoal” – HYDRA – “se esqueceu de mim.”

Quando Sam questiona Bucky sobre a existência de Isaiah, e como ninguém nunca o mencionou, Bucky revela a verdade: Isaiah é um segredo porque Bucky o manteve em segredo. E ele nunca disse a Steve. Atordoado, Sam pergunta: “Você está me dizendo que houve um super soldado negro décadas atrás e ninguém sabia sobre ele?”

Nos quadrinhos da Marvel, a história de Isaiah é contada na minissérie Truth: Red, White & Black, em 2003, onde é revelado que Isaiah foi um dos 300 soldados afro-americanos usados ​​como cobaias pelo Projeto Rebirth – a tentativa do governo de recriar o Soro Super Soldado que transformou Steve Rogers no Capitão América. Como seu homólogo no Universo Cinematográfico da Marvel, este Isaiah foi preso por servir heroicamente ao seu país: usando uma fantasia roubada do Capitão América e um escudo com o logotipo da campanha Double V, o Capitão América Negro impediu os nazistas de desenvolverem seu próprio exército de Super Soldados.

Como Sam e Bucky tiveram um desentendimento com uma suposta conspiração para lançar um exército de super soldados russos em 2016 – durante os eventos de Capitão América: Guerra Civil – eles não têm escolha a não ser recorrer ao Barão Zemo (Daniel Brühl).

Será que teremos flashbacks do Capitão América Negro em ação? Os dois episódios de Falcão e o Soldado Invernal estão disponíveis no Disney+.

Fonte: ComicBook

Leave a comment

Share This