De Jogos Vorazes a Percy Jackson: como obras e clássicos da fantasia estão voltando ao cinema

Publicidade

Nos últimos meses, um movimento começou a ser notado nas telinhas. Alguns livros que se tornaram grandes tendências na literatura nos últimos anos, principalmente focados no mundo das utopias e das fantasias, voltaram à tona, agora no cinema e nos streamings. Entre essas obras, destacam-se títulos como Jogos Vorazes e Percy Jackson, que foram verdadeiros sucessos, principalmente a partir de 2010.

Jogos Vorazes é uma sequência de livros escrita pela autora Suzanne Collins, composta inicialmente por “Jogos Vorazes”, “Em Chamas” e “A Esperança”. Inclusive, a trilogia foi adaptada em quatro filmes, os quais, na época de seus lançamentos, fizeram muito sucesso. A adaptação cinematográfica, estrelada por Jennifer Lawrence como Katniss, também foi muito bem recebida, contribuindo para ampliar a popularidade da franquia.

Anos depois, Suzanne Collins lançou outro livro situado no mesmo universo da trilogia. Trata-se de “Cantiga de Pássaros e Serpentes”, cuja história se passa em um período anterior em relação à história principal, aprofundando-se principalmente na trajetória de um personagem específico: Snow.

No final de 2023, a obra foi novamente adaptada para o cinema. O sucesso não foi tão expressivo quanto nos filmes anteriores, mas ainda assim movimentou uma ótima audiência, arrecadando aproximadamente 337 milhões de dólares em bilheteria.

Algo semelhante ocorreu com a série de livros Percy Jackson. A série “Percy Jackson & Os Olimpianos” é uma coleção de livros de fantasia escrita por Rick Riordan, composta por cinco livros: “O Ladrão de Raios”, “O Mar de Monstros”, “A Maldição do Titã”, “A Batalha do Labirinto” e “O Último Olimpiano”.

A saga narra as aventuras de Percy Jackson, um adolescente que descobre ser um semideus, filho de Poseidon, o deus do mar. Em 2010 e 2013, os dois primeiros livros chegaram a ser adaptados para o cinema, mas, devido a divergências em relação aos livros, as adaptações não foram bem recebidas pelos fãs e foram descontinuadas.

Entretanto, no final do ano passado, a Disney lançou uma releitura nova, desta vez em formato de série. Mais fiel à história, foram lançados oito episódios. O fenômeno das sagas de ficção que continuam a ter presença no cinema, mesmo após seu auge em meados de 2010, pode ser atribuído a vários fatores.

Muito pelo fator nostalgia e pelo envolvimento com histórias cativantes, essas temáticas são capazes de abranger tanto públicos mais jovens quanto aqueles que acompanharam desde o princípio. É uma tendência que lembra o que ocorreu com Harry Potter, por exemplo.

Inclusive, na própria literatura, é algo que ainda segue forte e firme. Mesmo com obras que são consideradas sucessos e ainda não foram traduzidas para o português, um bom curso de inglês pode ajudar a adentrar ainda mais neste universo para quem se interessa.

Sejam filmes, séries ou livros, este universo é algo atemporal e que nunca sai de moda. A tendência é que surjam cada vez mais obras assim.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: