Atriz de The Mandalorian processa a Disney por demissão com dinheiro de Elon Musk

TRETA! A atriz Gina Carano entrou com um processo contra a Disney e a Lucasfilm, contestando sua dispensa do elenco de The Mandalorian, anunciada em fevereiro de 2021, após polêmicas postagens feitas em seu perfil no antigo Twitter.

Na petição apresentada nesta terça-feira (6) em um tribunal federal da Califórnia, Carano alega que sua demissão ocorreu devido à expressão de suas opiniões de direita nas redes sociais, buscando uma ordem judicial que obrigaria a Lucasfilm a readmiti-la.

O financiamento do processo vem de Elon Musk, o magnata por trás da Tesla e da plataforma X, que se comprometeu a cobrir as despesas legais de usuários que alegam discriminação devido às atividades em sua plataforma.

“Como prova do compromisso da X Corp com a liberdade de expressão, estamos honrados em oferecer apoio financeiro ao processo de Gina Carano, capacitando-a a buscar seus direitos de liberdade de expressão na X e a garantia de trabalhar sem medo de intimidação, assédio ou discriminação”, declarou Joe Benarroch, chefe de operações comerciais da X, em um comunicado oficial.

Segundo a denúncia apresentada pelos advogados da atriz, a Disney e a Lucasfilm “perseguiam e difamavam Carano por sua recusa em se alinhar com suas visões sobre questões relacionadas ao Black Lives Matter, pronomes de preferência e alegações contestadas de interferência eleitoral”.

Embora sua demissão pareça ter sido motivada por suas crenças culturais e religiosas, ela argumenta que o estúdio ignorou as postagens ofensivas de seus colegas de elenco masculinos, que supostamente direcionaram ataques a políticos republicanos.

Leia também:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso canal no WhatsApp ou no Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: