Motel Destino | Karim Aïnouz inicia as filmagens de seu novo longa

Elemento recorrente na filmografia de Karim Aïnouz, o erotismo é o pano de fundo de Motel Destino, seu oitavo longa de ficção. O novo trabalho, cujas filmagens se iniciaram no dia 31 de julho, também representa um retorno do cineasta às próprias raízes. Após ter rodado, no ano passado, a sua primeira produção internacional em inglês, o inédito Firebrand, estrelado por Alicia Vikander e Jude Law, ele agora se volta para as cores fortes e vibrantes do Ceará, seu estado natal, para dar a tônica visual-narrativa da nova obra. Dois talentos locais, Iago Xavier e Nataly Rocha, selecionados por teste entre mais de 500 atores, protagonizam a trama ao lado de Fábio Assunção.

“Eu imagino um filme de cores incendiárias, de corpos suados e rijos de tesão. Onde o desejo é maior que tudo, é razão e finalidade. Sob um céu azul e mar infinitos, os personagens brilham de suor e vontade, e não resistem à tentação de poder ser finalmente donos dos próprios destinos. Em uma coreografia do desejo, eles se consomem para a vida e para a morte sob o laranja e verde intensos do equador”, resume o diretor.

O estabelecimento de beira de estrada que dá título ao filme é, segundo Karim, “o principal personagem do enredo” e o local onde se entrecruzam questões crônicas da realidade brasileira. É um retrato íntimo de uma juventude que teve seu futuro roubado por uma elite tóxica e esmagadora, contra a qual a insurreição e a violência são, não raramente, a saída possível.

“Poderia resumir Motel Destino como um thriller erótico, mas ele é, antes de tudo, uma história de amor. O amor entre um jovem periférico que vive à revelia de um sistema que o quer morto e uma mulher que resiste aos atentados do patriarcado contra a sua própria vida”, adianta Aïnouz,vencedor do prêmio Un Certain Regard no Festival de Cannes, com A Vida Invisível, em 2019. “Motel é a saga brasileira do encontro de uma pessoa em fuga, absolutamente desamparada, com outra que está sendo massacrada em um casamento abusivo.”

A narrativa nasceu da parceria de Karim com o Laboratório de Cinema da Porto Iracema das Artes, escola de formação em artes da Secretaria de Cultura do Ceará, gerida em parceria com o Instituto Dragão do Mar, com sede em Fortaleza. O diretor é um dos criadores do laboratório, o CENA 15, onde atuou como tutor durante nove anos e do qual hoje é mentor. Foi lá que ele descobriu e convidou o roteirista cearense Wislan Esmeraldo para desenvolver o roteiro do projeto. Mais tarde, Maurício Zacharias se juntou ao processo, repetindo a parceria realizada com o cineasta em Madame Satã e O Céu de Suely.

A francesa Hélène Louvart, presente nos créditos de A Vida Invisível e Firebrand, assina a fotografia do novo projeto, enquanto o paranaense Marcos Pedroso (Madame SatãO Céu de SuelyO Abismo PrateadoPraia do Futuro), outro antigo colaborador de Aïnouz, responde pela direção de arte. Além dos três protagonistas já mencionados, completam o elenco Renan CapivaraYuri YamamotoFabíola Líper e Jupyra Carvalho.

“Me interessa muito falar de crime, mas não do crime sórdido, e sim como o único escape do lugar em que estamos vivendo, no mundo que vivemos. Como você sai do desamparo absoluto? É um tema muito presente no Brasil contemporâneo, embora não haja muitos filmes sobre personagens nesta situação. Não no sentido vitimizante, mas no sentido de que estão completamente à margem”, explica Aïnouz.

Antes de Motel Destino, o diretor rodou Firebrand no Reino Unido, Marinheiro das Montanhas e Nardjes A. – previstos para chegarem às telonas nacionais em setembro de 2023 – na Argélia, A Vida Invisível (2019) no Rio e Aeroporto Central (2018) em Berlim. Com filmagens divididas entre Brasil e Alemanha, Praia do Futuro (2014) foi o último projeto realizado por Karim em solo cearense. Na sequência do atual longa-metragem, o diretor voltará a atenção a Rosebushpruning, seu segundo projeto em língua inglesa. Anunciado no Festival de Cannes deste ano, o filme será estrelado por Kristen Stewart (Spencer), Josh O’Connor (The Crown) e Elle Fanning (The Great), com filmagens previstas para o início de 2024.

Motel Destino é uma produção da Cinema Inflamável e Gullane, em coprodução com Globo FilmesTelecineCanal BrasilManeki Films (França) e The Match Factory (Alemanha), com apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. O longa-metragem tem produção associada da Brouhaha Entertainment e Written Rock, ambas do Reino Unido, e distribuição nacional da Pandora Filmes.

“Estamos muito contentes com o início das filmagens do Motel Destino em uma produção com parceiros do Brasil, além da França, Alemanha e Inglaterra. Estar ao lado do Karim, filmando em paisagens tão incríveis do nosso país, é uma honra para a Gullane“, afirma Fabiano Gullane, sócio-diretor da produtora que leva o seu sobrenome.

Leia também:


Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo quase todo dia. Se inscreve! Dá uma olhada no nosso vídeo mais recente:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: