Crítica | Gato de Botas 2: O Último Pedido – Retorno fantástico do lendário felino de ‘Shrek’

Publicidadespot_img

Apesar do mundo fantástico e cômico de Shrek ser rodeado de duplos sentidos – que a gente só entende quando cresce e revê os filmes – o Gato de Botas sempre foi uma figura isolada naquele universo, muito por conta de seu tom sombrio e sério. Depois de uma aventura solo divertida e cabível, o felino retorna aos cinemas em grande estilo mais de uma década depois com Gato de Botas 2: O Último Pedido, uma verdadeira lufada de ar fresco, que resgata as vidas perdidas da franquia Shrek em um filme surpreendentemente maduro.

A trama e o elenco

Se você espera uma trama fofa sobre um felino aventureiro e sua trupe, saiba que vai ter isso e ainda mais, já que a sequência é, sobretudo, sobre aceitar a morte e abraçar a vida como ela é, afinal, Gato (novamente dublado por Antonio Banderas) deixa toda a sua confiança e egoísmo de lado ao descobrir está em sua última das sete vidas. Ou seja, qualquer coisa pode pôr um fim definitivo na sua existência. Pior ainda, ele está sendo perseguido pela encarnação da morte, o Lobo Mau (um fantástico e aterrorizante Wagner Moura). Sua única salvação? Uma mítica estrela dos desejos que pode lhe devolver a vida, isso se ele conseguir que uma coleção de personagens de contos de fadas não chegue antes dele ao poderoso tesouro.

Para construir essa ambientação de perigo, O Último Pedido é plenamente inspirado pelos filmes de faroeste, até mesmo na desconstrução do protagonista “machão” e sua armadura de valentão. Diferente das demais aparições do Gato nos cinemas, agora vemos um herói frágil, cauteloso e vulnerável, um fato ousado para uma animação despretensiosa. Das vastas planícies, o uso do espanhol tanto na música quanto nos diálogos – com o filme fazendo grande uso de seu elenco hispânico, aumentando a autenticidade – você pode facilmente substituir a espada por uma arma e sua capa por um poncho.

Ainda que repleto de boas piadas e alívios cômicos pertinentes – como a presença do hilário Perrito (Harvey Guillen) e um trio dinâmico – é visível uma tonalidade mais adulta no enredo, especialmente sobre a relação do Gato com seus amigos e de alguns personagens secundários dos contos de fadas clássicos. Mas nem tudo é tristeza, pois a história parece uma afirmação da vida com uma mensagem edificante sobre abraçar cada dia como se fosse o último. Se você está esperando mais humor inteligente do tipo Shrek, pode se decepcionar um pouco, no entanto, Antonio Banderas brilha mais uma vez e dá um show de carisma, mesmo ao se afastar das palhaçadas tradicionais.

A direção

Sem dúvida este é de longe o melhor trabalho do realizador Joel Crawford, especialmente depois do esquecível Os Croods 2. Além dos visuais deslumbrantes e do roteiro que sabe perfeitamente contar uma história redondinha, o filme cresce muito por conta das suas ótimas sequências de ação, talvez as melhores de uma animação recente. O movimento da câmera é dinâmico, sem medo de mudar para posições inventivas ou nos dar ângulos inusitados para nos colocar bem no meio da ação, que às vezes parece até um anime de grande orçamento. As cores vivas dão ao filme uma aparência de conto de fadas que explode na tela, algo parecido com o que vemos em Homem-Aranha no Aranhaverso.

Veredito

Com visuais lindos que saltam da tela e animação que oferece cenas de ação emocionantes, Gato de Botas 2: O Último Pedido tinha tudo para ser uma bola de pelos, mas é tão ágil e leve quanto seu felino titular. Inesperadamente, o grande retorno ao universo fantástico de Shrek com um filme inteligente, apaixonado e maduro para todas as idades.

Além disso, a animação é genuinamente brilhante, os personagens são sinceros e a ação é excelente. Sem mencionar que há uma tonelada de coração e mensagens sobre aproveitar o momento antes que o nosso tempo acabe nesse mundo, afinal, estamos em nossa única e última vida. E ah, fique após os créditos pois há surpresas boas e promissoras para o futuro que não parece ser tão tão distante assim.

NOTA: 9/10

Leia também:


Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: