John Leguizamo critica escalação de James Franco como Fidel Castro: “apropriação de Hollywood”

A escalação de James Franco para interpretar o líder cubano Fidel Castro no filme Alina de Cuba provocou polêmicas na internet, e um dos críticos da escolha do diretor Miguel Bardem foi o ator John Leguizamo (John Wick).

No Instagram, ele escreveu que considera a decisão um exemplo de “apropriação de Hollywood”, já que Franco não é latino:

“Como isso ainda está acontecendo? Como Hollywood nos exclui e ainda rouba nossas narrativas? Sem mais apropriação de Hollywood e dos streamers. Boicote! Isso é fodido. Além disso, uma história seriamente difícil de contar sem engrandecimento, o que seria errado! Não tenho problemas com Franco, mas ele não é latino!”.

Além de James Franco, a atriz Mía Maestro viverá Natalia Revuelta, socialite que viveu um caso amoroso com o político. A dupla se junta Ana Villafañe, que está interpretando Alina Fernandez, personagem título.

O filme mostrará a história real de Castro e Revuelta e como o romance deles deu origem À Fernandez. A direção é de Miguel Bardem e roteiro de Jose Rivera.

Não há previsão de estreia.


Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo quase todo dia. Se inscreve! Dá uma olhada no nosso vídeo mais recente:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: