Crítica | Amizade de Férias – Elenco cativante em comédia de exageros

Publicidade

Certamente Amizade de Férias (Vacation Friends), nova produção que chega ao Brasil como Original Star+, peca pelo excesso de ingenuidade, um pecado, na verdade, uma vez que o longa poderia muito bem utilizar sua premissa para provocar choque cultural, especialmente através do humor, algo bastante pertinente em comédias mais inteligentes.

No lugar disso, proporciona uma aventura mediana e carregada de estereótipos que até pode funcionar para assistir despretensiosamente com os amigos em uma noite de sexta-feira, mas que não tem força para reverberar por muito mais que isso. É o famoso senso de humor cínico extraído da burrice dos personagens e de situações cômicas quase que surreais e, ainda que o roteiro não tente inventar a roda ou fugir de suas previsibilidades, deixa a sensação de que poderia ter ido mais fundo no carisma de seu elenco e orquestrado mais sabor à premissa.

A trama e o elenco

A trama começa quando dois casais clássicos desse tipo de obra saem para uma viagem de férias para o México. Enquanto uma dupla deseja fazer uma aventura romântica, a outra quer aloprar como se não houvesse o amanhã e gastar todas as suas economias.

Dessa premissa, o enredo desenvolve uma trama repleta de coincidências, salva apenas pelo talento do elenco, especialmente a ótima química que Lil Rel Howery (Free Guy) e John Cena possui. Este último aproveitando o ápice de sua carreira no cinema após o sucesso do Pacificador em O Esquadrão Suicida.

Definitivamente, mesmo com as limitações do texto e algumas piadas que nem sempre são engraçadas, o quarteto compra a função e entrega ótimas performances. Tanto Yvonne Orji (Insecure) quanto Meredith Hagner (Palm Springs), mesmo com os dois astros mais conhecidos, não são ofuscadas e até possuem momentos bem mais verossímeis.

Entre um estereótipo mexicano aqui e outro ali (só faltou a fotografia amarelada), a trama de Amizade de Férias se desdobra conforme o consumo de álcool e drogas se eleva e a bizarrice flui livremente, transformando a viagem em um palco perfeito para testar a amizade e a confiança que cada um possui. Nas entranhas, é um filme que sobre companheirismo, com leves pitadas de críticas sociais ao mostrar como esses casais veem a vida através de lentes diferentes e de seus próprios privilégios.

Uma pena que essa mensagem seja dissipada no meio de tanta presepada e momentos sem graça, feitos para preencher as lacunas de um roteiro que sabe ligar o ponto A ao B, mas não tem a menor ideia de como deixar o trajeto mais prazeroso e coerente.

A direção

Tudo no trabalho do diretor Clay Tarver (Perseguição) é submergido no exagero. Mas o pior nasce quando o longa possui quatro roteiristas, um péssimo sinal de que o produto vai desandar. O que, de fato, se concretiza.

À medida que o filme continua crescendo, todas as piadas permanecem no mesmo nível e, portanto, tornam-se cada vez menos cômicas e descompensadas com o drama familiar que se constrói lado a lado. Resta apenas a repetição de conceitos datados e uma overdose de clichês bobos para compensar a falta de estrutura e emoção da jornada desses personagens superficiais.

A direção falha em estabelecer conexão emocional com o público e foca seus esforços no patético humor físico do elenco. Fora isso, todos os personagens secundários são desenhados de maneira tão fina que são praticamente translúcidos. E quando os escritores tentam tornar os indivíduos tridimensionais, eles o fazem com revelações altamente manipulativas.

Conclusão

Mesmo investindo na simpatia de seu elenco cativante, o humor escapista não é o suficiente para fazer Amizade de Férias ganhar respeito entre as comédias do ano, especialmente quando seu roteiro ingênuo tropeça em previsibilidades e exageros absurdos. Apesar disso, há algumas boas piadas e John Cena se estabelece cada vez mais com um bom humorista de filmes besteirol. Deve agradar quem busca distração. Apenas não se engane, esta é a mesma comédia que você já viu mil vezes e feita com ainda menos cuidado.

Nota: 6/10

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve! Dá uma olhada no nosso vídeo mais recente:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso canal no Telegram.

xxx
Última Notícia
Publicidade

Mais lidas

spot_img

Mais recentes

spot_img
As 10 séries mais assistidas da Netflix Os 10 filmes mais assistidos da Netflix DC FanDome #Crítica | O Menino Que Matou Meus Pais #Crítica | A Menina Que Matou os Pais