É OFICIAL! Após Craig Gillespie comentar a possibilidade de continuar a história da vilã, a Disney confirmou uma sequência de Cruella. Em um comunicado divulgado pelo THR, o estúdio se disse satisfeito pelo resultado do longa nas bilheterias mundiais (US$ 48,5 milhões) e com os elogios recebidos pelo público e pela crítica.

Confira a nossa crítica de Cruella!

Ainda segundo a publicação, a Disney também oficializou o retorno de Emma Stone como a vilã. Embora ainda não estejam confirmados, Gillespie deve voltar para a direção e Tony McNamara para o roteiro.

Eu sinto que só acabamos de conhecê-la. Eu adoraria ver a Cruella com a sua maldade totalmente desenvolvida e carregada. Ela conseguiu obter um sistema de suporte, e agora tem condições de expandir sua marca. Gostaria de ver aonde isso poderia levá-la

Com seu lançamento oficial nos cinemas e no Disney+, já estão saindo as primeiras críticas de Cruella, aguardado live-action que mostra a história de origem da famosa vilã da Disney. O filme abriu com uma nota boa e conquistou, até o momento, 73% de aprovação no site Rotten Tomatoes, com base em 141 reviews.

“Cruella não consegue responder à pergunta de por que seu personagem-título precisava de uma história de origem, mas este banquete visual deslumbrante é extremamente divertido de assistir sempre que suas protagonistas se chocam”, diz o consenso da crítica.

Na trama:

“Cruella, novo filme live-action da Walt Disney, apresenta a história da lendária e mais icônica – e notoriamente fashion – vilã da Disney, Cruella de Vil. Ambientado na Londres dos anos 70 em meio à revolução do punk rock, o filme mostra uma jovem vigarista chamada Estella, uma garota inteligente e criativa determinada a fazer um nome para si através de seus designs. Ela faz amizade com uma dupla de jovens ladrões e, juntos, constroem uma vida para si nas ruas de Londres. Um dia, o talento de Estella para a moda chama a atenção da Baronesa Von Hellman, uma lenda fashion que é devastadoramente chique e assustadora. Mas o relacionamento delas desencadeia um curso de eventos e revelações que farão com que Estella abrace seu lado rebelde e se torne a Cruella má, elegante e voltada para a vingança.”

Cruella já está disponível nos cinemas simultaneamente com o Disney+ pelo Premier Access, em que o usuário paga um valor além da assinatura para conferir o conteúdo. 

Estreias de agosto da Disney+ Melhores Filmes da Netflix em 2021 Melhores séries Rua do Medo: 1666 – PARTE 3 – Final #Crítica Atypical