O episódio de The Mandalorian desta semana, “Capítulo 13: O Jedi”, não só trouxe Ahsoka Tano à vida pela primeira vez após anos de aventuras animadas, mas também viu uma referência direta ao Grande Almirante Thrawn, com Ahsoka revelando sua busca para encontrar seu paradeiro. Como é a natureza da série, o público nem sempre sabe quais personagens referenciados são novos e quais têm raízes na tradição de Star Wars, com Thrawn sendo um personagem cuja história e importância datam de décadas atrás. Embora não saibamos quando, ou se, Thrawn vai aparecer na série Star Wars, ele é um personagem que o público adora odiar.

Thrawn estreou no livro de Timothy Zahn, Herdeiro do Império, servindo como comandante imperial nos anos após a morte do imperador emStar Wars: O Retorno dos Jedi. Ao longo dos livros Dark Force Rising e O Último Comando, Thrawn colidiu com heróis icônicos como Luke Skywalker, Leia Organa, Han Solo e Lando Calrissian, provando Thrawn não apenas como um mestre da estratégia, mas também como um inimigo fisicamente implacável. Após encontrar sua morte durante esta “Trilogia Thrawn” de livros, ele foi ressuscitado para a duologia “Mão de Thrawn”, que consiste em Espectro do Passado e Visão do Futuro.

Thrawn não foi apenas uma figura importante nos livros do Universo Expandido de Star Wars ao longo dos anos 90, como também apareceu na série de quadrinhos Star Wars. Enquanto os fãs de filmes de Star Wars podem considerar Darth Vader ou o Imperador Palpatine como as maiores ameaças da franquia, os aficionados do Universo Expandido considerariam Thrawn como um rival em sua eficácia.

Para o deleite de alguns e decepção de outros, quando a Disney comprou a Lucasfilm em 2012, o estúdio relegou o Universo Expandido ao canto “Lendas” da franquia, removendo os eventos dessas histórias de qualquer cânone oficial. Felizmente, o legado de Thrawn provou ser muito difícil de ignorar completamente, já que vários criativos da Lucasfilm encontraram maneiras de trazê-lo de volta ao cânone oficial.

Na terceira temporada de Star Wars Rebels, Thrawn emergiu como o principal antagonista da série, com a linha do tempo pré- Star Wars: Uma Nova Esperança confirmando que o Imperial estava intrinsecamente ligado a uma série de personagens importantes da trilogia original. Além de Rebels, Thrawn também recebeu novos livros de Zahn, além de ser destaque em quadrinhos. Apesar daqueles poucos anos de apagamento de Thrawn, estava claro que a Lucasfilm sabia o quão atraente ele é e o tornou mais popular do que nunca.

No final da série de Rebels, o Jedi Ezra Bridger aparentemente se sacrificou para derrotar Thrawn, ao fazer com que uma nave em que ambos se encontravam saltasse para o hiperespaço, mas com esta manobra acontecendo em uma nave desprotegida, foi um movimento aparentemente fatal. No entanto, com Ahsoka e Sabine Wren terminando a série nos anos após o Retorno do Jedi em busca de Ezra, e agora com a menção de Thrawn em The Mandalorian, claramente sua vilania não chegou ao fim. Felizmente, isso também significaria que Ezra ainda está por aí, então não ficaremos surpresos se ele for mencionado em algum ponto da série.

Embora a conclusão da Saga Skywalker possa ter encerrado as trajetórias de personagens amados da tela grande, as aventuras de Thrawn só podem estar esquentando.

The Mandalorian ganha novos episódios todas às sextas no Disney+.

Fonte: ComicBook

#Pipocas Indica Jogo da discórdia Condessa Valentina, quem é? Gostou de You?