A Marvel Studios adiou recentemente a produção de todos os seus filmes e programas de TV em andamento, devido às preocupações contínuas da pandemia de coronavírus, juntando-se a muitas empresas em todo o mundo, na tentativa de impedir a propagação do COVID-19. E enquanto as filmagens pararam temporariamente em Loki, o spinoff do Disney + no próximo ano, o showrunner Michael Waldron começou a provocar alguns detalhes importantes sobre a próxima série. Tom Hiddleston está reprisando seu papel como o Deus do Mal, e o programa retomará depois que ele desapareceu com o Tesseract no passado de Vingadores: Ultimato, mostrando um Loki diferente que diverge do caminho normal da linha do tempo.

Waldron não divulgou muitos detalhes sobre sua série devido ao sigilo pesado em torno de todos os projetos da Marvel Studios, mas ele explicou no podcast The Writers Panel que o núcleo de Loki será sobre identidade e destino.

Eu acho que é a luta com a identidade, quem você é, quem você quer ser. Estou realmente atraído por personagens que lutam pelo controle”, disse Waldron. “Certamente você vê que, com Loki nos primeiros 10 anos de filmes, ele está fora de controle em partes cruciais de sua vida, ele foi adotado e tudo mais.”

Ainda não se sabe quando Loki retomará as filmagens ou se o desligamento do coronavírus afetará a estreia do programa no Disney +. Por enquanto, a série está programada para estrear no serviço de streaming em algum momento de 2021.

Fonte: ComicBook

Share This