O live-action de Dora, a Aventureira já está em cartaz nos cinemas e viemos contar tudo o que você precisa saber sobre Dora e a Cidade Perdida antes de ir assistir.

Confira:

O filme não se leva a sério e é um filme que desde que foi anunciado foi ridicularizado por todo mundo, mas que acabou surpreendendo muito. O filme faz várias piadas com os elementos que fazem parte da história, como pro exemplo: a mochila que fala, ver a personagem olhando pra câmera na maior parte do filme – como na animação. O que torna interessante porque puxa o gancho da linguagem do cinema onde há a quebra da quarta parede, que seria se comunica com o público através da câmera. E isso torna uma coisa bem engraçada no filme. É como se a personagem tivesse falando com quem tá assistindo ao filme.

Leia a nossa crítica de Dora e a Cidade Perdida

Vale lembrar que no início o filme tava sendo vinculado a Michael bay na direção, e a galera riu muito e tirou onda, porque acharam que a Dora seria uma personagem meio explosiva e caricata, e na verdade não, a produtora dele tava no filme, mas não ele como diretor.

Em uma determinada parte do filme ele faz uma homenagem ao desenho e tudo mais. Onde em uma cena específica – alerta spoiler – a Dora e seus companheiros em um determinado contexto acabam vendo aquela ambiente como a animação original.

A protagonista do filme tá muito boa. Ela tem um time cômico muito bom, e isso fez muita diferença no filme, tornando ele mais divertido, mais engraçado e leve.

O filme tem cenas musicais, muita piada de duplo sentido, não agradando somente as crianças, mas também os adultos. O humor tá muito bom e divertido, sem deixar de lado a inocência que o desenho original passa.

Assista também:

Share This