Ontem Havia Coisas Estranhas no Céu, dirigido por Bruno Risas, terá sua estreia mundial no Festival de Torino, um dos principais festivais de cinema autoral do mundo, que acontece de 22 a 30 de novembro, na Itália. O longa, que será distribuído no Brasil pela Sessão Vitrine, projeto de distribuição coletiva que lança um filme por mês, com sessões diárias e ingressos de valor reduzido, promovendo debates e maior acessibilidade aos filmes, será exibido na Mostra Waves. Com estreia nacional prevista para o primeiro semestre de 2020, o filme acaba de ganhar teaser.

Assista:

Produzido pela Sancho&Punta, o longa é uma ficção que pauta o cotidiano de uma família na qual inúmeros fatores são inquietantes: o pai fica desempregado, os integrantes precisam voltar à velha casa, a mãe é abduzida, e a vida continua como se nada houvesse acontecido.

“Ao longo dos nove anos do processo de Ontem Havia Coisas Estranhas no Céu, minha mãe frequentemente me perguntava ‘se você pode fazer um filme sobre alguém, por que escolheu fazer sobre a gente, sobre ninguém? ’ Nunca consegui responder. Mas, talvez tenha a ver com um desejo: esmiuçar o processo de formação de nosso imaginário nesse país inventado, de encarar de frente as contradições e as violências que o formam. Para isso, fazer do cinema um ritual do cotidiano, um trabalho que coloca em questão a própria ideia de trabalho e de como nossa sociedade se organiza. E tentar descobrir como minha intimidade ressoa fraturas coletivas”, diz o diretor, que faz sua estreia em longas-metragens.

A ficção venceu dois importantes prêmios no mundo do cinema, sendo eles: melhor projeto Work in Progress, no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (2018), dentro da Mostra Futuro do Brasil, e melhor Work in Progress no PuertoLab, do Festival Internacional de Cinema de Cartagena (2019).

Spread the love

Comments

comments

Share This