loader image

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio já chegou aos cinemas e a gente tá aqui pra contar pra vocês tudo sobre esse filme! Confere o vídeo abaixo:

‘O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio’ evita desastre com volta de Sarah Connor. Retorno de Linda Hamilton à franquia, ao lado de Arnold Schwarzenegger, cria nostalgia necessária para aguentar história repetida e sem novidades. Ele é o melhor filme entre as piores continuações da franquia – um feito não tão impressionante, considerando os horrores lançados depois da sequência original, “o julgamento final” (1991).”

Leia a nossa crítica

Pra quem não lembra, a franquia se passa num futuro próximo, onde a guerra entre humanos e máquinas foi deflagrada. com a tecnologia a sua disposição, um plano inusitado é arquitetado pelas máquinas ao enviar para o passado um androide (Arnold Schwarzenegger) com a missão de matar a mãe (Linda Hamilton) daquele que viria a se transformar num líder e seu pior inimigo. Contudo, os humanos também conseguem enviar um representante para proteger a mulher e tentar garantir o futuro da humanidade.

O sexto capítulo da série, que funciona como uma espécie de (tentativa de) recomeço, estreou nesta quinta-feira (31) no Brasil. o retorno de Linda Hamilton a Sarah Connor, seu papel mais famoso, dá força a uma produção que poderia ser apenas mais uma obra desnecessária. Ao lado de Mackenzie Davis, a atriz de 63 anos está em uma dupla de heroínas das mais carismáticas e duronas no cinema de ação.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio é divertido, resgata a essência do começo da franquia com bastante energia e destreza nas mãos do Tim Miller (de Deadpool). A ação é desenfreada e megalomaníaca, uma das mais legais desse ano de se assistir nos cinemas. Fora alguns excessos e vícios do roteiro, foi uma grata surpresa, quem diria? 

Linda Hamilton está espetacular, mas não mais que Mackenzie Davis. Já Arnold Schwarzenegger é literalmente o deus ex machina. Ele só existe quando o roteiro não sabe mais para onde ir. É divertido ficar assistindo as soluções mirabolantes.

Spread the love

Comments

comments

Leave a comment

Share This