Stan Lee, o lendário escritor, criador e editor da Marvel Comics, cujas fantásticas mas imperfeitas criações fizeram dele um super-herói da vida real para os amantes de quadrinhos em todos os lugares, morreu. Ele tinha 95 anos.

Lee, que começou no negócio em 1939 e criou Pantera Negra, Homem-Aranha, X-Men, O Poderoso Thor, Homem de Ferro, O Quarteto Fantástico, O Incrível Hulk, Demolidor, Homem-Formiga e outros personagens, Morreu na manhã de segunda-feira em Los Angeles, disse uma fonte ao The Hollywood Reporter. A causa da morte ainda não foi revelada.

Os últimos anos de Lee foram tumultuados. Depois que Joan, sua esposa de 69 anos, morreu em julho de 2017, ele processou executivos da POW! Entertainment – uma empresa que ele fundou em 2001 para desenvolver propriedades de filmes, TV e videogames – por US$ 1 bilhão por fraude, então abruptamente desistiu do processo semanas depois.

Ele também processou seu ex-gerente de negócios e entrou com uma ordem de restrição contra um homem que estava lidando com seus negócios. (O patrimônio de Lee foi estimado em até US$ 70 milhões.)

E em junho de 2018, foi revelado que o Departamento de Polícia de Los Angeles estava investigando relatos de abuso de idosos contra ele.

Por conta própria e através de seu trabalho com frequentes colaboradores de artistas e roteiristas como Jack Kirby, Steve Ditko e outros, Lee catapultou a Marvel de uma pequena empresa para a maior editora mundial de histórias em quadrinhos e mais tarde uma gigante multimídia.

Em 2009, a Walt Disney Co. comprou a Marvel Entertainment por US$ 4 bilhões, e a maior parte dos filmes de super-bilheteria de todos os tempos – liderados por US$ 1,52 bilhão em 2012 dos Os Vingadores – que contou com personagens da Marvel.

Uma das marcas registradas dos filmes da Marvel era a participação de Stan Lee e no ano passado gravamos um vídeo elegendo as cinco melhores participações dele:

Fonte: THR

Comments