Após Aquaman 2, James Wan não quer mais saber de filmes de super-heróis

Publicidade

O renomado diretor James Wan, conhecido por seus trabalhos em filmes de terror como Invocação do Mal, revelou em uma entrevista recente sua vontade de retornar ao gênero que o consagrou em seu próximo projeto, após sua incursão no mundo dos super-heróis com Aquaman 2: O Reino Perdido.

Em uma conversa franca com o Collider, Wan admitiu seu desejo de “voltar às origens” e mergulhar novamente em um filme de horror, encerrando seu trabalho no universo cinematográfico da DC.

“Sabe, tenho uma tendência a querer ir e voltar. Então, sempre que faço um filme menor, quero fazer um filme grande. E sempre que estou fazendo um filme grande, quero fazer um filme menor. E quando faço meus filmes menores, eles tendem a ser filmes de terror. Então, você sabe, sinto que a coceira pelo terror está chegando, mas vamos ver” compartilhou.

Tópicos desta matéria

Sobre Aquaman 2: O Reino Perdido

O diretor James Wan e o próprio Aquaman, Jason Momoa – com Patrick Wilson, Amber Heard, Yahya Abdul-Mateen II e Nicole Kidman – estão de volta na sequência do filme de maior bilheteria da DC de todos os tempos, Aquaman 2: O Reino Perdido.

Após fracassar em seu primeiro confronto com Aquaman, o Arraia Negra, movido pela necessidade de vingar a morte de seu pai, não vai desistir enquanto não derrotar Aquaman de uma vez por todas. Agora mais temível do que nunca, Arraia Negra detém o poder do mítico Tridente Negro e sua ancestral força malévola. Para derrotá-lo, Aquaman recorrerá a seu irmão Orm, o ex-Rei da Atlântida, ainda na prisão, para forjar uma aliança improvável. Juntos, eles vão ter que deixar de lado suas diferenças para proteger seu reino, salvar a família de Aquaman e o mundo da irreversível destruição.

De volta a seus personagens originais, Jason Momoa interpreta Aquaman/Arthur Curry, que agora divide seu tempo entre seus deveres como o Rei de Atlântida e como pai; Patrick Wilson é Orm, meio-irmão e inimigo de Aquaman, prestes a assumir um novo papel como aliado relutante do irmão; Amber Heard é Mera, rainha da Atlântida e mãe do herdeiro do trono; Yahya Abdul-Mateen II é Arraia Negra, mais determinado do que nunca a vingar a morte de seu pai, destruindo Aquaman, sua família e Atlântida; e Nicole Kidman como Atlanna, líder feroz e mãe com o coração de uma guerreira. Dolph Lundgren e Randall Park também voltam aos seus papeis de Rei Nereus e Dr. Stephen Shin, respectivamente.

Dirigido por James Wan, Aquaman 2: O Reino Perdido tem produção de Peter Safran, Wan e Rob Cowan. Os produtores executivos são Galen Vaisman e Walter Hamada.

O roteiro foi escrito por David Leslie Johnson-McGoldrick, a partir do argumento de James Wan & David Leslie Johnson-McGoldrick e Jason Momoa & Thomas Pa’a Sibbett, baseado nos personagens de “Aquaman”, da DC, criado por Paul Norris e Mort Weisinger.

A brilhante equipe de artistas da produção de “Aquaman” reuniu-se novamente a James Wan nos bastidores de Aquaman 2: O Reino Perdido: o diretor de fotografia Don Burgess (“Invocação do Mal 2”); o designer de produção Bill Brzeski (“Jumanji 2”); o editor Kirk Morri (“Velozes e Furiosos 7”); o compositor Rupert Gregson-Williams (“Mulher-Maravilha”); e a supervisora musical Michelle Silverman (“Maligno”). Também estão de volta o supervisor de efeitos visuais Nick Davis (filmes de “Fúria de Titãs”, “Batman: O Cavaleiro das Trevas”) e o figurinista Richard Sale (“Doutor Estranho no Multiverso da Loucura”, “Jogador Nº 1”).

A Warner Bros Pictures apresenta uma produção Atomic Monster/Peter Safran, um filme de James Wan, Aquaman 2: O Reino Perdido. Previsto para estrear nos cinemas de todo o mundo a partir de 20 de dezembro de 2023, o filme será distribuído globalmente pela Warner Bros. Pictures.

Leia também:


Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: FacebookTwitterInstagramYoutube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso canal no WhatsApp ou noTelegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: