5 filmes e séries na STARZPLAY que vão despertar seu lado artístico

Publicidade

Se você canta no chuveiro ou dança com a vassoura, essa lista é para você! Selecionamos 5 produções disponíveis no Starzplay, entre filmes e séries, para você que tem ou ainda não descobriu seus dons artísticos. Aqueça a voz, prepare o texto e a coreografia e depois é só dar o play!

Caso você ainda não seja assinante do Starzplay, pode fazê-lo clicando aqui.

Blindspotting

Quem é fã de rap e slam vai se apaixonar por “Blindspotting”. Embalado por muita música e dança, a comédia dramática é uma continuação do filme homônimo de Rafael Casal e Daveed Diggs. A série é é centrada em Ashley (Jasmine Cephas Jones), que está beirando uma vida classe média em Oakland até que Miles (Rafael Casal), seu parceiro há 12 anos e pai do seu filho, é repentinamente encarcerado, deixando-a em meio a uma crise existencial caótica e bem-humorada quando é forçada a morar com a mãe de Miles, Rainey, vivida por Helen Hunt. A série marca ainda o retorno de Hunt à TV. 

Step Up: High Water

Inspirada na franquia “Ela Dança, Eu Danço”, Step Up: High Water gira em torno de Janelle Baker (Lauryn McClain), uma ambiciosa dançarina de hip-hop que, ao lado do irmão gêmeo Tal (Petrice Jones), sai do subúrbio de Ohio para viver com o tio, Al Baker (Faizon Love), em Atlanta. Entusiasmados com a cena cultural da cidade, os dois jovens tentam navegar em seu novo mundo, fazendo de tudo para entrar em uma cobiçada e acirrada escola de artes, a High Water Performing Arts School. Mas eles logo descobrem que não vai ser fácil realizar seus sonhos dentro e fora da pista de dança. A série conta com a presença mais que especial de Ne-Yo e da saudosa Naya Rivera.

Ela Dança, Eu Danço

O filme conta a história de Tyler Gage (Channing Tatum), que após depredar um colégio, é enviado para fazer serviços comunitários em uma escola de artes. Lá ele conhece Nora Clark (Jenna Dewan), uma bela aluna de dança moderna que precisa urgentemente de um novo parceiro. Tyler está acostumado com as danças de rua, mas reluta à ideia de ser o novo parceiro de Nora. Aos poucos ele aceita a ideia e passa a se envolver com a dançarina.

Dirty Dancing

O clássico “Dirty Dancing” vai te fazer arrastar os móveis e dançar pela sala ao som de “The Time Of My Life”. O filme conta a história de Frances (Jennifer Grey) que, na esperança de curtir sua juventude, fica decepcionada ao descobrir que vai passar o verão de 1963 com os pais em um resort na sonolenta região de Catskills. Mas sua sorte muda quando ela conhece o instrutor de dança do resort, Johnny (Patrick Swayze), um rapaz com um passado bem diferente do dela. Quando ele a coloca como sua nova parceira, os dois acabam se apaixonando.

BÔNUS:

High Fidelity

High Fidelity — “Top Five Heartbreaks” – Episode 101 — After a first date gone wrong with Clyde, a Ònice guy,Ó record store owner Rob Brooks recounts her Top Five Heartbreaks and a recent emotional run in with her past. Robyn (Zo‘ Kravitz), shown. (Photo by: Phillip Caruso/Hulu)

Uma música pode marcar para sempre nossa vida. Em “High Fidelity”, série reimaginação do romance homônimo de Nick Hornby que já rendeu filme para o cinema, foi isso que aconteceu. Rob (Zoe Kravitz) é dona de uma loja de discos no bairro de Crown Heights, no Brooklyn e, enquanto tenta esquecer seu grande amor, ela revisita relacionamentos passados através de listas de Top 10 e de música e da cultura pop.

Leia também: 6 filmes e séries na STARZPLAY para viajar para outra realidade

Leia também: Cinco séries protagonizadas por mulheres fortes na Starzplay


Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo quase todo dia. Se inscreve! Dá uma olhada no nosso vídeo mais recente:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso canal no Telegram.

xxx
Última Notícia
Publicidade

Mais lidas

spot_img

Mais recentes

spot_img
As 10 séries mais assistidas da Netflix Os 10 filmes mais assistidos da Netflix DC FanDome #Crítica | O Menino Que Matou Meus Pais #Crítica | A Menina Que Matou os Pais