Loki Laufeyson se identifica como de gênero fluido na próxima série da Marvel no Disney +, um novo teaser confirmou.

A fluidez de gênero do malandro asgardiano não é um desenvolvimento novo – há muito se especula (já que o personagem que muda de forma adota muitas formas), e de fato se tornou o cânone dos quadrinhos em 2014 (quando Odin se referiu a Loki como “meu filho e minha filha, e meu filho que é ambos”).

Ainda assim, para uma propriedade live-action do MCU, e que estará disponível no serviço de streaming da Disney, é um desenvolvimento significativo.

O novo teaser, lançado no domingo – assim que o embargo da mídia social foi liberado sobre as reações iniciais da imprensa aos dois primeiros episódios – termina com uma cena do arquivo da TVA (Time Variance Authority) em Loki, que designa seu sexo como “FLUÍDO. ”

Confira o vídeo:

“Loki” da Marvel Studios apresenta o Deus da Trapaça enquanto ele sai da sombra de seu irmão em uma nova série que ocorre após os eventos de “Vingadores: Ultimato”. Tom Hiddleston retorna como o personagem-título, acompanhado por Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant. Kate Herron dirige “Loki” e Michael Waldron é o roteirista principal.

Vale lembrar também que a série ainda nem chegou ao Disney+, mas uma 2ª temporada já pode estar sendo desenvolvida.

A nova série estreia exclusivamente no Disney+ em 9 de junho de 2021.

Melhores Filmes da Netflix em 2021 Melhores séries Rua do Medo: 1666 – PARTE 3 – Final #Crítica Atypical Interrompemos a Programação