Após a queda do embargo, as primeiras críticas do aguardado ‘Mulher-Maravilha 1984’ estão começando a sair e o resultado têm sido promissor. O segundo filme da heroína da DC Comics abriu com ótimos 89% de aprovação no Rotten Tomatoes.

“Grande Era! Mulher-Maravilha 1984 é uma dose épica de coração e escapismo vibrante que prova que ainda existem emoções inesperadas no cinema de super-heróis”, diz uma das críticas em destaque.

Avançando para a década de 1980, a próxima aventura da Mulher-Maravilha nos cinemas a coloca frente a dois novos inimigos: Max Lord e Mulher-Leopardo.

Com a diretora Patty Jenkins de volta ao comando e Gal Gadot no papel-título, Mulher-Maravilha 1984, da Warner Bros. Pictures, é a sequência da estreia da super-heroína da DC como protagonista nas telas de cinema com o filme “Mulher-Maravilha”, que em 2017 quebrou recordes e arrecadou US﹩ 822 milhões nas bilheterias mundiais. O filme também tem em seu elenco Chris Pine como Steve Trevor, Kristen Wiig como Mulher-Leopardo, Pedro Pascal como Max Lord, Robin Wright como Antíope e Connie Nielsen como Hipólita.

Charles Roven, Deborah Snyder, Zack Snyder, Patty Jenkins, Gal Gadot e Stephen Jones produzem o filme. Rebecca Steel Roven Oakley, Richard Suckle, Marianne Jenkins, Geoff Johns, Walter Hamada, Chantal Nong Vo e Wesley Coller são os produtores-executivos.

Patty Jenkins dirigiu a partir de um roteiro que ela escreveu com Geoff Johns & David Callaham, uma história de Jenkins & Johns, baseada nos personagens da DC. Juntando-se à diretora nos bastidores estão vários membros de sua equipe de “Mulher-Maravilha”, incluindo o diretor de fotografia Matthew Jensen, a designer de produção indicada ao Oscar Aline Bonetto (“O Fabuloso Destino de Amélie Poulin”), e a figurinista ganhadora do Oscar Lindy Hemming (“Topsy-Turvy: O Espetáculo”). O editor indicado ao Oscar Richard Pearson (“Voo United 93”) está editando o filme. A música é do compositor ganhador do Oscar Hans Zimmer (“Dunkirk”, “O Rei Leão”).

Vale lembrar que o filme estreia no Brasil dia 17 de dezembro e no dia 25 de dezembro estreia mundialmente no serviço de streaming HBO Max.

Confira a cena de abertura do filme:

Estreias de agosto da Disney+ Melhores Filmes da Netflix em 2021 Melhores séries Rua do Medo: 1666 – PARTE 3 – Final #Crítica Atypical