O produtor de terror Jason Blum testou positivo para COVID-19. Felizmente, parece que ele e sua família têm sintomas muito leves, mas ainda é uma situação estressante, com certeza. Ele disse aos fãs para não se preocupar com isso no Twitter e muitos estão oferecendo seu apoio. 

A pandemia de coronavírus também voltou a aumentar na América do Norte, pouco antes do início da temporada de fim de ano. Isso apresentou desafios em todo o entretenimento, à medida que as pessoas continuam a se adaptar. Os eventos esportivos foram adiados ou cancelados totalmente. Várias produções tiveram que pausar por causa de testes positivos. 

Em uma entrevista anterior à Inversa, o produtor Blumhouse deu suas especulações sobre como o vírus mudaria o negócio do entretenimento.

“Quando isso acabar, acho que todo mundo vai seguir o acordo que a Universal fez. Acho que o futuro dos filmes lançados nos cinemas é que eles passarão nos cinemas por um período mais curto, serão muito mais deles, e então terão um período de aluguel premium de dois ou três meses, onde você está pagando US $ 20 pelo filme”, explicou. “Depois, vai passar para a TV paga e para a janela tradicional de aluguel, que custa quatro ou cinco dólares.”

Fonte: ComicBook

Share This