A primeira noite de “Audições às cegas” contou com 11 apresentações musicais e dez candidatos aprovados para a nona temporada do “The Voice Brasil”. Além das vozes que tentaram vaga no programa, os técnicos Carlinhos Brown, IZA, Michel Teló e Lulu Santos também mataram as saudades de fazer show em uma animada apresentação em grupo da música “Palco”, de Gilberto Gil. Confira, a seguir, os primeiros componentes de cada time.

Tibí (28 anos, Petrópolis/RJ)

Aos quatro anos Tibí teve seu primeiro contato com a música, em uma aula de barbatuque na escola. O passo seguinte foi pedir aos pais para entrar em um coral. Aos oito, ganhou o primeiro teclado, instrumento que toca até hoje, e aos dez já tinha decidido que seria músico. Na adolescência, se apresentava em bares com shows voz, violão e teclado e, depois da participação no programa Geleia do Rock, no Multishow, começou a tocar com artistas como Paulinho Moska, Tania Mara, Sam Alves e Jorge Vercillo. Em 2014, participou do ‘SuperStar’ como integrante da banda Jamz, com a qual se apresentou em festivais como Rock in Rio e Planeta Atlântida e foi indicado ao Grammy Latino. Em apresentação solo no ‘The Voice’, cantando “Best Part”, de Daniel Caesar & H.E.R, virou as quatro cadeiras e escolheu representar o Time Brown.

Fabiana Souto (43 anos, João Pessoa/PB)

Natural de Pernambuco e moradora da Paraíba, Fabiana cantou pela primeira vez em um evento na escola, ainda na adolescência, e, pelo bom desempenho, foi convidada a integrar sua primeira banda baile. Desde então, vem comandando o vocal e backing vocal de grupos como Metrópole, Magníficos e Caviar com Rapadura. Em 2014, também formou com o marido a dupla Beto Magno e Fabiana Souto. Com a dupla e bandas, até a chegada da pandemia, fazia cerca de 30 shows mensais em eventos particulares, bares e casas de show. Cantando a música “O Xote das Meninas”, de Luiz Gonzaga, ela foi aprovada por todos os técnicos e garantiu vaga no time de Michel Teló.

Nat (19 anos, Duque de Caxias/RJ)

Desde criança Nat tem o sonho musical incentivado pelos pais, que a levavam para cantar em karaokês e na igreja, onde até hoje se apresenta junto ao ministério de louvor. Nunca fez aulas de canto, mas é apaixonada pelos estilos Pop internacional e MPB, e já compôs três músicas. Hoje, trabalha como modelo e é jogadora profissional de vôlei, mas tem o desejo de um dia conseguir viver das artes: a música, em primeiro lugar, ou mesmo seguir a carreira de atriz, exercendo o que aprendeu nas aulas de teatro. Nat escolheu para sua audição a música “The Climb”, de Miley Cyrus, e entrou para o Time Lulu.

Mayra Rodrigues (18 anos, Divinópolis/MG)

A história musical de Mayra começou aos seis anos, cantando em um coral na igreja. Aos oito, aprendeu a tocar violão e, dois anos depois, começou a se apresentar em barzinhos e festivais musicais. Uma de suas maiores experiências no mundo da música foi a participação na edição de 2017 do ‘The Voice Kids’. Mayra deixou a competição na fase das ‘Batalhas’, mas, mesmo assim, colheu como frutos a possibilidade de se apresentar junto com nomes como Thaeme e Thiago e Vitor e Leo. Para tentar vaga no ‘The Voice Brasil’, cantou “Viva Voz”, de Lauana Prado. Virou as cadeiras de Teló, que foi bloqueado, e IZA, e segue no time da cantora.

João Marcelo Prevedel (22 anos, Campo Mourão/PR)

De família musical, João Marcelo aprendeu a tocar violão sozinho, com apenas dez anos, lendo livros. Aos 16, montou sua primeira banda com amigos, mas nunca chegou a se apresentar com ela. Sua jornada pública na música veio anos mais tarde, com os primeiros shows solo em sua cidade e a entrada na banda Oversong, da qual faz parte desde 2018. Se inscreveu no programa depois de muito incentivado pelos amigos e, apaixonado por música, está feliz de ter garantido sua vaga. A aprovação veio com a apresentação de “Watermelon Sugar”, de Harry Styles, que virou as cadeiras de Lulu, Teló e Brown. João optou pelo Time Lulu.

Izrra (23 anos, Rio de Janeiro/RJ)

O carioca tem um irmão gêmeo, mas os dois têm gostos nada semelhantes: enquanto o irmão é jogador de futebol, Izrra tem na música o lugar que faz seus olhos brilharem. Começou a cantar em pequenas reuniões de família, aos cinco anos, e um ano depois já fazia apresentações solo na igreja. Até os 17 anos teve bandas gospel com as quais cantou por todo o Rio de Janeiro. Durante as Olimpíadas de 2016, foi incentivado pelos amigos a cantar no metrô. O vídeo de uma das apresentações viralizou na internet e rendeu a participação em um show do cantor Jorge Vercillo. Aos 19 anos, Izrra garantiu uma bolsa de estudos na escola Villa Lobos de música e, desde então, persegue o sonho de ser cantor. Com “A Boba Fui Eu”, de Ludmilla, foi aprovado por todos os técnicos e entrou para o Time Brown.

Luli (23 anos, São Paulo/SP)

Luli começou a cantar aos cinco anos e, aos 12, iniciou aulas de canto e de teatro. Aos 16 anos, ingressou em sua primeira companhia artística e desde os 18 se apresenta em casamentos, festas e eventos, além de fazer backing vocal em um estúdio de gravação musical. Unindo a atuação e a paixão pela música, fez uma turnê com a peça “A Bela e a Fera”, que considera seu primeiro grande trabalho no teatro musical e, no ano seguinte, integrou o elenco de “Os produtores”, de Miguel Falabella. Para tentar uma das vagas do programa, escolheu cantar “Cuz I Love You”, de Lizzo, em uma performance que virou as quatro cadeiras. Na decisão, Luli ficou com o Time IZA.

Thalita Maciente (23 anos, Lavras/MG)

A mineira de 23 anos já estudou Administração, Medicina Veterinária e Publicidade, mas abandonou todos os cursos para se dedicar exclusivamente à música. A paixão é antiga: Thalita começou a cantar na escola, aos quatro anos. Sem ter feito aulas de canto, aprendeu tudo observando crianças que se apresentavam em coral. Junto com o namorado, integrava uma banda baile que teve os shows interrompidos com a chegada da pandemia. Desde então, divide seu tempo entre estudar música para se aperfeiçoar no canto e a realização de alguns shows em live, na internet. O gosto pela música sertaneja se refletiu na escolha da música de sua audição: “S de Saudade”, da dupla Luiza e Maurílio. Com ela, foi aprovada por todos os técnicos e optou por representar o Time Teló.

Rick Santos (31 anos, São Paulo/SP)

No hotel onde trabalhava como cozinheiro, Rick ficou conhecido como “o cantor”, chegando a ganhar alguns prêmios em pequenos concursos de talentos do local. Foi com a mãe que ele aprendeu os dois ofícios: cozinhar e cantar. Integrou grupos musicais na igreja e, também, de pagode, ainda na adolescência. Hoje, é vocalista da banda Desejo Maior, que já gravou dois EPs, um clipe e emplacou sucessos nas rádios do país. Antes da pandemia, fazia cerca de 30 shows por mês com o grupo. Agora, com um pouco mais de tempo livre, tem se dedicado a aprender a tocar cavaquinho. O ritmo que canta em grupo foi o escolhido para sua apresentação musical solo no ‘The Voice Brasil’: com o pagode “Fulminante”, de Mumuzinho, Rick virou as quatro cadeiras e escolheu entrar no time de Lulu Santos.

Simone Mazzer (52 anos, Rio de Janeiro/RJ)

Natural do Paraná e moradora do Rio de Janeiro, Simone tem uma carreira musical conhecida na cidade. Faz parte de um coletivo que se apresentava na casa de show Buraco da Lacraia e, com a pandemia, passou a fazer a live “Cabaré online” todas as sextas-feiras. Sua história na música é longa e começou ainda na infância, com a família que adorava ouvir música em casa. Na adolescência, o vinil virou sua paixão. Por alguns anos se dedicou ao vôlei, mas logo voltou para carreira que mantém até hoje nos palcos. Cantando “Vaca Profana”, de Caetano Veloso, Simone foi aprovada por Carlinhos Brown para o ‘The Voice Brasil’.

Os times até o momento:

Time BrownTibí, Izrra, Simone Mazzer.
Time IZAMayra Rodrigues, Luli.
Time TelóFabiana Souto, Thalita Maciente.
Time LuluNat, João Marcelo Prevedel, Rick Santos

.O ‘The Voice Brasil’ tem direção artística de Creso Eduardo Macedo e apresentação de Tiago Leifert, com Jeniffer Nascimento nos bastidores. O reality vai ao ar às terças e quintas, após ‘A força do querer’, na TV Globo, e às quartas e sextas, no Multishow.

Share This