Poucos dias antes de estrear seu novo programa ‘Simples Assim’, na Globo, Angélica revelou trauma na infância. Além de relembrar momentos marcantes da sua carreira.

“Quando eu era pequena, com 4, 5 anos de idade, teve um assalto na minha casa e meu pai levou vários tiros. Eu tava na sala, ele quase morreu. Eu fiquei muito traumatizada, não gostava de gente, não gostava de ver ninguém, não queria ninguém. E o único programa que eu gostava de assistir era o Chacrinha, e aí um dia ele convidou na televisão para um concurso da ‘criança mais bonita do Brasil’, e eu participei do concurso. Ganhei a ‘garota mais bonita do Brasil’ aos 4 anos de idade, depois com 5 anos de novo. E ali eu comecei a fazer televisão.”

A revelação aconteceu em um vídeo postado no Instagram da Rede Globo, ‘Angélica reagindo à Angélica’. A princípio mostrando momentos na carreira da apresentadora até seu momento atual. 

Veja o vídeo:

A apresentadora também relembrou sobre seu início de relacionamento com Luciano Huck e a experiência de quase morte, em 2015. 

“Eu caí nessa conversa. Um dia eu tava no camarim, me arrumando pra gravar e aí falaram assim: ‘Ó, o Luciano Huck tá aí’. Eu pensei: ‘Por quê?’. ‘Ah, ele veio te convidar pro primeiro programa dele’. Falei: ‘Como eu vou falar não, né?’. O cara veio aqui falar ‘vai no meu primeiro programa’. Vou, claro que eu vou.”

‘Simples Assim’ estreia no próximo sábado, dia 10 de outubro, com temas diversos em cada episódio. Como por exemplo, trabalho, fé, família e amor. Depois de alguns anos fora da TV, Angélica volta a apresentar. Contudo, a previsão de estreia do novo programa era abril, mas à pandemia do coronavírus impediu as gravações de continuarem. 

Leia também: Maisa não renova contrato no SBT após 13 anos de emissora

Share This