Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro, quer fazer a Netflix retirar o drama francês ‘Lindinhas’ (Mignonnes) do seu catálogo.

Em seu perfil do Twitter, Damares Alves disse que está “estudando medidas contra o filme”, acusado pela internet de sexualizar crianças. Em resposta a um seguidor, ela afirmou: “Não vamos ficar de braços cruzados. Deixa comigo”.

Leia a nossa crítica de Mignonnes!

Em vídeo promocional, a diretora Maïmouna Doucouré explica que o filme é justamente uma crítica à sexualização de crianças em nome de uma suposta liberdade sexual:


O filme já está disponível na Netflix.

Leave a comment

Share This