6 séries na Netflix que celebram a representatividade

Há alguma séries na Netflix que, além de divertir e entreter, também são ótimos exemplos de representatividade e diversidade. Pensando nisso, separamos algumas icônicas para você assistir e se enturmar com o mundo moderno. Confira:

1 – Eu Nunca…:

A trama retrata a vida moderna e complicada de uma adolescente americana filha de indianos, inspirada em momentos reais da infância da atriz e comediante Mindy Kaling.

Leia a nossa crítica!

2 – Sex Education

Na trama, Otis (Asa Butterfield) é um adolescente socialmente inapto que vive com sua mãe, uma terapeuta sexual. Apesar de não ter perdido a virgindade ainda, ele é uma espécie de especialista em sexo. Junto com Maeve, uma colega de classe rebelde, ele resolve montar sua própria clínica de saúde sexual para ajudar outros estudantes da escola.

3 – Pose

Nova Iorque, 1986. As pessoas experimentam um estilo de vida nunca visto antes na história da cidade, onde se começa a instaurar a ascensão da cultura de luxo. Paradoxalmente, esta parte da sociedade que vivencia o aumento do consumo e de privilégios entra em conflito com outro segmento, que enfrenta o declínio da literatura na região.

4 – Feel Good

Na trama, a comediante de stand-up Mae Martin encara o relacionamento com a sua namorada e enfrenta os desafios da sobriedade.

5 – Cara Gente Branca

As mais refinadas faculdades americanas podem representar uma enorme carga de stress para seus alunos. Tensões sociais, a pressão acadêmica e o medo que vem com a chegada à idade adulta podem ser aterrorizantes. Pior que isso, só se você for um afro-americano, tendo que lidar com os alunos majoritariamente brancos e os estigmas associados a você pela sociedade.

6 – Nada Ortodoxa

Para escapar de um casamento arranjado, uma jovem judia foge do Brooklyn para Berlim e se junta a um grupo de músicos. Mas deixar o passado para trás não vai ser fácil.

Últimas Notícias