A Netflix uniu forças com a Audiens, grupo de proteção social do setor cultural francês, para criar um fundo de emergência para artistas freelancers e membros da equipe local.

A Netflix deve injetar 1 milhão de euros (5,56 milhões de reais) no fundo que está sendo configurado com a Audiens, em colaboração com o National Film Board (CNC) da França.

A doação visa apoiar os trabalhadores freelancers mais vulneráveis ​​dos setores de TV e cinema, principalmente carpinteiros, eletricistas, cabeleireiros e maquiadores, que foram atingidos pelos cancelamentos e / ou adiamento de produções devido à pandemia de coronavírus.

“Somos gratos por podermos trabalhar com a Audiens para apoiar os trabalhadores mais atingidos na produção de TV e cinema, que fazem parte da indústria criativa francesa admirada internacionalmente”, disse Damien Couvreur, chefe de série original da Netflix na França.

“Além do apoio que damos às equipes, elencos e parceiros técnicos envolvidos em nossas produções, também queremos ajudar aqueles que mais precisam de assistência financeira no setor de maneira mais ampla, especialmente os freelancers atingidos pela crise atual”, acrescentou Couvreur.

Isabelle Thirion, chefe de desenvolvimento social da Audiens, disse que o fundo complementa os subsídios de emergência existentes que a Audiens implementou recentemente.

“Um dos valores fundamentais da Audiens é a solidariedade e agradecemos à Netflix por seu compromisso em apoiar profissionais, artistas e técnicos que trabalham na indústria audiovisual e cinema nestes tempos difíceis”, disse Thirion.

A Netflix anunciou em 20 de março a criação de um fundo de assistência de US$ 100 milhões para ajudar os membros da comunidade criativa que ficaram desempregados praticamente da noite para o dia, sem meios para obter renda durante a crise do coronavírus.

A maior parte do fundo de assistência se concentrará naqueles que trabalham com produções da Netflix nos EUA. No entanto, cerca de US $ 15 milhões foram destinados a fundos de emergência internacionais criados em parceria com outras organizações, como a Audiens, em todo o mundo, inclusive no Reino Unido, Itália , Espanha e Índia.

Fonte: Variety

Share This