O Poço é o grande sucesso recente da Netflix! O filme tem gerado bastante discussão devido as interpretações sobre a vida em sociedade, ou o final controverso.

Se você amou o filme e está procurando outros longas que vão explodir a cabeça, separamos cinco filmes pra você correr pra assistir.

Confira no vídeo abaixo ou na lista:

O Expresso do Amanhã (2013)

Antes mesmo de ganhar o Oscar de Melhor Diretor por ‘Parasita’, Bong Joon-ho já se dedicava a fazer filmes que ultrapassassem as camadas mais leves do roteiro e entregassem dilemas sociais e morais, como fez em ‘Okja’. Mas, aqui se trata de outro filme seu, o ótimo ‘O Expresso do Amanhã’, seu primeiro realizado na língua inglesa e também uma espécie de ‘O Poço’, porém horizontal, já que a trama, carregada de ação e suspense, coloca os personagens em um mundo pós-apocalíptico, onde cada vagão de um trem funciona como a divisão de classes da sociedade, assim como o presídio do filme espanhol da Netflix. O elenco estelar conta com Chris Evans, Tilda Swinton, Jamie Bell e Octavia Spencer e a história tem como base uma HQ francesa chamada ‘Le Transperceneige’. Imperdível! O filme está disponível no Amazon Prime Video.

Dia de Trabalho Mortal (2016)

Mais um diretor famoso na lista, com um filme não tão conhecido assim. O suspense ‘Dia de Trabalho Mortal’ é escrito por James Gunn, diretor de ‘Guardiões da Galáxia’, e mostra um dia bizarro nas Indústrias Belko, quando seus funcionários são aprisionados e forçados a jogar um jogo em que precisam matar seus colegas de trabalho para poderem sobreviver. Apesar de seguir o mesmo caminho de filmes do gênero, recheados de violência gráfica, esse, assim como ‘O Poço’, põe na mesa debates pertinentes sobre solidariedade e união. Definitivamente, é um filme que te faz querer trabalhar em home office para sempre.

Rua Cloverfield, 10 (2016)

O 2º filme da franquia, que começou lá em 2008 com o fantástico ‘Cloverfield – Monstro’, segue um caminho diferente e aposta no suspense intenso para construir um cenário de paranoia e agonia em um bunker, onde os personagens estão aprisionados e precisam tentar descobrir se realmente há alguma ameaça alienígena do lado de fora ou se é apenas uma série de mentiras e teorias da conspiração do anfitrião, vivido pelo ator John Goodman. O longa é estrelado pela ótima Mary Elizabeth Winstead e, além do roteiro e da direção criar um ambiente que dá calafrios e desenvolver os mistérios com muita energia, fazem alguns debates sobre ajudar o próximo em épocas difíceis, sendo também um ótimo filme para se compreender como funciona uma quarentena e como o confinamento pode enlouquecer. Diferente dos outros, esse é o que tem menos violência e sadismo e mais suspense. De longe, um dos melhores filmes do gênero da última década.

Circle (2015)

Disponível na Netflix, esse suspense segue o caminho convencional dos famosos “terror psicológico”, estilo ‘Jogos Mortais‘, e coloca seus personagens em um jogo sinistro. Na trama, 50 pessoas morrem, de uma a uma, de dois em dois minutos, até decidirem quem deve sobreviver. Como podemos ver, tem muito em comum com o ‘O Poço’, exatamente por tratar dilemas morais da sociedade, como decidir quem deve morrer, por exemplo, algo que desperta diversas discussões, preconceitos e disputas dentro da história. Com apenas um cenário, funciona perfeitamente na construção do suspense.

Escape Room (2019)

Tendo os famosos jogos de “escapar de lugares” como referência, esse suspense coloca seus personagens em diversas e elaboradas salas mortais, em que precisam encontrar as pistas para escapar, antes que possam morrer pelas inúmeras armadilhas. Cada um aceitou participar do jogo sádico por algum motivo pessoal, seja falta de dinheiro ou emprego, algo que dialoga diretamente com a trama de ‘O Poço’ e, no lugar, precisam deixar as diferenças de lado para poderem trabalhar juntos em prol de um bem comum: sobreviver. Após o sucesso, uma sequência deve sair no ano que vem e uma franquia promete ser estabelecida. Que tal aproveitar esse período em casa e assistir?

Share This