Sinceramente, eu não gosto de afirmar com todas as letras que algo é ruim. As vezes faço, mas não é algo que pratico na minha vida. Eu realmente creio que existem pontos de vistas e que algo bom pra mim pode ser horrível pra você e vice-versa. Outra coisa que não é gosto é falar “não veja isso”. Partindo do meu primeiro ponto de vista, falar pra você não ver algo por que eu odiei é totalmente controverso. Porém, meu problema com The Walking Dead não é por ser ruim ou bom, é questão de merecimento.

The Walking Dead tem provavelmente um dos 5 melhores pilotos que já vi na vida. Eu assisti o primeiro episódio assim que saiu, lá em 2010. Para um amante de Resident Evil, meu jogo preferido da vida, ver aquilo quase me emocionou. Era fascinante, novo e incrível. Rick sempre foi um protagonista fenomenal, não só pelo personagem, mas também pelo Andrew Lincoln, que mereceu ser premiado anos atrás pelo papel, mas infelizmente passou direto. Eu assisti a muitas temporadas da série. Ela sempre – mesmo quando ruim – me cativou em algum momento. Até o dia em que eu desisti pelo fato dela ser um loop eterno, ou seja, ela anda em círculos. A temporada começa bem, dá uma barrigada de 10 episódios e termina muito bem. Tá, até dá pra forçar e continuar assistindo, porém tem um fator aí, que me leva a te aconselhar a parar de assistir TWD: tem muita coisa foda pra ver e muito pouco tempo, então por que apostar em algo que simplesmente não sairá mais do lugar?

 

Uma conta rápida aqui: TWD tem até o momento 8 temporadas. Juntas, dá 107 episódios. Arrendondando cada um pra 50 minutos, são 5350 minutos, ou seja, 89 horas de conteúdo. 89 horas na vida corrida que temos, precisa ser usada da melhor forma possível. Precisamos desapegar de coisas que não merecem mais nossa consideração. Torço do fundo do meu coração que a série volte a ser foda como era, afinal, ainda é a maior audiência do mundo, mas por enquanto não consigo voltar a ver, e te aconselho a fazer o mesmo. E caso você ainda não tenha começado, passe longe. Vá ver Sons of Anarchy, por exemplo. Garanto que sua vida mudará de fato ao assisti-la.

É questão de merecimento, repito. Foram 5 ou 6 anos dando chance. Uma hora tem que parar. Minha sorte é que muita gente acompanha, então caso ela volte a ser uma boa série, ficarei sabendo. Não que ela mereça minha volta, mas o amor por zumbis fala mais alto! Quem sabe… Ah, são 89 HORAS DE LOOP ETERNO.

Comments