Elementos se torna a animação da Disney de MAIOR arrecadação desde Frozen 2

Publicidadespot_img

Elementos, a mais recente animação dos estúdios Disney/Pixar, cruzou a marca de US$311 milhões nas bilheterias mundiais – mantendo-se surpreendentemente estável apesar da fraca estreia nos Estados Unidos e nos mercados internacionais.

Mas isso não é tudo: ao ultrapassar o valor em questão, o longa se tornou a animação da Casa Mouse de maior bilheteria desde Frozen 2 (US$1,453 bilhão).

A encargo de comparação, Elementos teve uma arrecadação maior que outros recentes projetos da Disney/Pixar, estando à frente de títulos como Soul (US$121 milhões), Encanto (US$256,8 milhões) e Red – Crescer é uma Fera (US$20,1 milhões).

Sobre Elementos

O novo longa-metragem original é ambientado em Elemental City, onde os habitantes do fogo, água, terra e ar vivem em harmonia. A história nos mostra Ember, uma jovem faiscante e espirituosa, cuja amizade com um garoto divertido e tranquilo, chamado Wade, desafia suas crenças sobre o mundo em que vivem.

Integrando o elenco de voz original já anunciado que inclui Leah Lewis e Mamoudou Athie como Ember e Wade, respectivamente, estão Ronnie del Carmen como o pai quase aposentado de Ember, Bernie; Shila Ommi como Cinder, a mãe de Ember que só quer amor; Wendi McLendon-Covey como Gale, a tempestuosa chefe de Wade que ama Air Ball; Catherine O’Hara como Brook, a acolhedora mãe de Wade; Mason Wertheimer como Clod, vizinho do elemento terra de Ember e seu grande admirador; e Joe Pera como Fern, um burocrata da cidade.

Dirigido por Peter Sohn e produzido por Denise Ream, ELEMENTOS está em cartaz nos cinemas nacionais.

Leia também:


Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo quase todo dia. Se inscreve! Dá uma olhada no nosso vídeo mais recente:

Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News.

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: