Com a revelação de que Mulan chegará direto no Disney+, surgiu a dúvida de se Viúva Negra seguiria o mesmo caminho. Mas, por enquanto não. 

Com a pandemia, os estúdios estão buscando novas formas de apresentarem seus filmes que estreariam nos cinemas, ainda este ano, para o seu público. Assim como foi anunciado que a animação Scooby, da Warner, não seria mais exibida nos cinemas e sim por Vídeo On Demand. Agora, foi a vez dos estúdios Disney revelarem que Mulan poderá ser assistida por meio do Disney+, no valor de US $ 29,99 para os assinantes.

Felizmente, segundo o CEO da Disney, Bob Chapek, esse pode não ser o caso ainda do filme estrelado por Scarlett Johansson, Viúva Negra.

Chapek revelou que a estratégia de lançamento de Mulan é atualmente considerada “única”, mas que será uma oportunidade de aprender com esse tipo de método.

“Estamos vendo Mulan como único, em vez de dizer que estamos vendo um novo modelo de janelas de negócios.”

As especulações de que Viúva Negra poderia chegar em streaming afetou o fandom, que querem que o tão esperado filme de protagonista feminina seja exibido nos cinemas. 

Na trama, Natasha Romanoff confronta as partes mais sombrias de seu passado quando surge uma perigosa conspiração com conexões com parte de sua história. Perseguida por uma força que não irá parar por nada a fim de destruí-la, Natasha deve lidar com seu histórico como espiã e suas relações quebradas depois de ter deixado sua primeira família para trás.

‘Viúva Negra’ tem direção de Cate Shortland (A Síndrome de Berlin) e o elenco conta com o retorno de Scarlett Johannson. O filme mantém seu lançamento para 29 de outubro no Brasil.

Share This