PO | Bilheteria da Première será destinada a entidade ligada ao Autismo

[et_pb_section bb_built=”1″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text]

A Cineart Filmes, distribuidora de “PO”, longa americano que mostra os laços de amor e os obstáculos entre um pai e um filho autista, realiza, em parceria com a ABRA – Associação Brasileira de Austimo e sua filiada, AMA – Associação Amigos do Autista, uma première do filme, no dia 17 de novembro, terça-feira, às 11h, no Espaço Itaú Frei Caneca. A sessão será seguida de debate com a psicóloga Rebeca Costa e a pedagoga Carolina Dutra Ramos Ferreira.

O objetivo da sessão especial é arrecadar fundos, sendo uma porcentagem da bilheteria destinada para a entidade, que tem caráter assistencial, sem fins lucrativos, dirigida por pais e educadores de pessoas com deficiência intelectual e Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). “Lançar esse filme pelo selo da Cineart Filmes vem ao encontro do papel social que assumimos como distribuidora e também como exibidora. Entendemos a relevância do tema autismo, que merece ter uma discussão ampliada para toda a sociedade e temos a certeza de que o cinema é um importante propagador, não só deste, mas de diversos conteúdos inclusivos”, explica Thais Henriques, que está à frente da Cineart Filmes e exibidora Cineart. Outras sessões beneficentes serão realizadas pelo país em prol de entidades ligadas ao autismo.

PO”, dirigido por John Asher, tem estreia nacional marcada para o dia 22 de novembro. No longa, após a morte de sua esposa, David Wilson (Christopher Gorham) fica com a responsabilidade de cuidar sozinho do seu filho autista, Patrick (Julian Fader). PO, como o garoto gosta de se chamado, é extremamente inteligente, mas enfrenta dificuldades para ser compreendido e aceito pelas pessoas à sua volta e, assim, se afasta cada vez mais do mundo real ao deixar sua mente viajar para um universo de fantasia, onde se sente mais confortável. Enquanto as dificuldades que cada um deles enfrenta em seu próprio mundo ameaçam separá-los permanentemente, pai e filho lutam para lidar com a perda e para se adaptar a essa nova realidade.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Share This