Rebel Moon | Netflix pode CANCELAR a franquia de Zack Snyder, revela site

Parece que há problemas à vista! Segundo um relatório recente da conceituada Forbes, o plano de transformar Rebel Moon em uma franquia na Netflix pode estar enfrentando obstáculos. Embora ainda esteja nos estágios iniciais de desenvolvimento, há incerteza quanto à aprovação da Parte 3 pelo serviço de streaming.

A Forbes observa que a Netflix já demonstrou disposição para ignorar recepções negativas intensas, como ocorreu com as Partes 1 e 2 de Rebel Moon, caso haja um sólido sucesso de audiência.

No entanto, o dilema reside no fato de que esse sucesso esperado de audiência nunca se materializou para a Parte 1, que falhou em alcançar o Top 10 dos filmes mais assistidos na plataforma. E é previsto que os números sejam ainda mais modestos para a Parte 2.

Para agravar a situação, Rebel Moon não foi uma empreitada econômica, com estimativas apontando que cada uma das Partes 1 e 2 custou cerca de US$ 100 milhões.

Fique atento para mais informações, pois novidades devem ser anunciadas em breve.

Leia também: Crítica | Rebel Moon: Parte 1 – Desastre ambicioso que parece Star Wars sem diversão

Sobre Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes

De Zack Snyder, diretor de 300O Homem de Aço Army of the Dead: Invasão em Las Vegas, vem aí “Rebel Moon“, uma fantasia épica de ficção científica que vem sendo produzida há décadas. 

Após fazer um pouso de emergência em uma lua localizada nos confins do universo, Kora (Sofia Boutella), uma jovem que guarda um passado misterioso, dá início a  uma nova vida numa colônia pacífica de fazendeiros. Ela logo se transforma na única esperança de sobrevivência desse povo quando o tirânico regente Balisarius (Fra Fee) e seu cruel emissário, o Almirante Noble (Ed Skrein), descobrem que os agricultores venderam suas safras para os irmãos Bloodaxe (Cleopatra Coleman e Ray Fisher), os líderes de um grupo de insurgentes caçados pelo Mundo-Mãe. 

Encarregados de encontrar pessoas dispostas a arriscar a vida em defesa do povo de Veldt, Kora e Gunnar (Michiel Huisman), um fazendeiro bondoso e ingênuo para a realidade da guerra, viajam entre mundos à procura dos irmãos Bloodaxe e conseguem reunir um pequeno grupo de guerreiros que têm em comum a necessidade de redenção: o piloto e assassino de aluguel Kai (Charlie Hunnam), o lendário General Titus (Djimon Hounsou), a espadachim Nêmesis (Bae Doona), o prisioneiro com um passado real Tarak (Staz Nair) e Milius (E. Duffy), integrante da resistência. 

No retorno a Veldt, Jimmy (dublado por Anthony Hopkins na versão em inglês), um robô antigo que se escondeu para acompanhar o grupo, desperta com um novo propósito. No entanto, esses novos revolucionários precisarão aprender a confiar uns nos outros para lutar em unidade antes que os exércitos do Mundo-Mãe os aniquilem.

Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes dá continuidade à épica saga de Kora e dos guerreiros sobreviventes. Ao lado do corajoso povo de Veldt, eles estão prestes a sacrificar o que for preciso para defender o vilarejo que se tornou lar de quem perdeu tudo e todos na luta contra o Mundo Mãe. Às vésperas da batalha, cada um deles precisa encarar as verdades sobre o próprio passado e os motivos que os levaram a lutar. Com o Reino disposto a aniquilar os rebeldes a qualquer custo, laços são formados, heróis emergem e lendas nascem.

As duas partes de Rebel Moon já estão disponíveis na Netflix.

Leia também:


Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: FacebookTwitterInstagramYoutube e também no Google News

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou no canal do Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: