As 12 MELHORES séries de 2023

O ano de 2023 se revelou um período extraordinário para o universo das séries de TV e streaming, repleto de aventuras e inesperadas algumas surpresas, especialmente no gênero terror. Em um cenário pós-pandemia, as telas ganharam vida com narrativas envolventes e superproduções que cativaram os espectadores e marcaram o ano. A redação do Pipocas Club mergulhou nas novidades e preparou uma seleção das 13 MELHORES SÉRIES lançadas em 2023. Vale destacar que esta lista se concentra estritamente em novas estreias.

Sou de Virgem (Prime Video)

Em Sou de Virgem, a série do Prime Video protagonizada por Jharrel Jerome, somos levados a uma envolvente jornada de amadurecimento com Cootie, um jovem negro de quatro metros de altura que cresceu nas sombras de Oakland, CA. Descobrindo as belezas e contradições do mundo pela primeira vez, Cootie nos guia por uma narrativa repleta de surpresas.

A série revela-se uma mistura única de diversão, acidez e criatividade, destacando-se como uma das produções mais originais do ano. Ao longo da trama, testemunhamos o florescer de amizades, os tropeços do amor e os momentos emocionantes quando Cootie finalmente encontra seu ídolo. Memorável e inspiradora.

Corpos (Netflix)

A minissérie da Netflix, Corpos, baseada na graphic novel de Si Spencer, emerge como uma das grandes surpresas do ano ao apresentar um enredo intricado e inovador. A trama desafia as fronteiras do tempo ao contar a história de quatro detetives de épocas diferentes encarregados de investigar o mesmo assassinato. O enigma se desenrola quando um corpo é encontrado no mesmo local, mas em anos distintos — 1890, 1941, 2023 e 2053.

A ambiciosa narrativa de Corpos mergulha os espectadores em uma jornada intensa e explosiva, enquanto os profissionais, separados por décadas, enfrentam desafios únicos para desvendar o mistério que transcende o próprio tempo. Com uma abordagem inovadora e uma tensão constante, se destaca como uma experiência cativante e repleta de reviravoltas.

Assassinato no Fim do Mundo (Star+)

Assassinato no Fim do Mundo, a mais recente criação de Zal Batmanglij e Brit Marling, os mesmos talentos por trás de The OA, oferece uma trama cativante e cheia de mistérios. A história gira em torno de Darby, interpretada por Emma Corrin, uma hacker especializada em desvendar enigmas da internet. Quando é convidada por um bilionário excêntrico para participar de um retiro no fim do mundo, situado na Islândia, Darby se vê envolvida com outras onze personalidades intrigantes.

A série segue uma narrativa de mistério do começo ao fim, no melhor estilo dos clássicos de Agatha Christie, ou mesmo como uma versão moderna de Sherlock Holmes. Assassinato no Fim do Mundo oferece uma experiência deliciosa para os espectadores, com reviravoltas surpreendentes, personagens fascinantes e um cenário exótico que contribui para a atmosfera de suspense.

Poker Face (Peacock)

Poker Face, a mais recente adição ao catálogo do streaming Peacock, emerge como outra pérola no gênero de mistério deste ano. Sob a direção habilidosa de Rian Johnson, conhecido por O Último Jedi e Entre Facas e Segredos, a série segue Charlie Cale, interpretada por Natasha Lyonne, uma mulher dotada de habilidades especiais determinada a desvendar mortes misteriosas aparentemente sem explicação.

Lyonne brilha de maneira notável como protagonista, oferecendo uma das melhores performances do ano. Poker Face não apenas intriga com sua trama envolvente, mas também mantém os espectadores na borda de seus assentos, ansiosos por cada reviravolta. Com um enredo viciante e uma atuação excepcional, a série prova ser uma adição bem-sucedida ao cenário televisivo de mistério, solidificando seu lugar entre as melhores produções do ano.

A Queda da Casa de Usher (Netflix)

Baseada na obra de Edgar Allan Poe com o mesmo nome e concebida por Mike Flanagan, a minissérie mergulha os espectadores em um fascinante multiverso poético. A trama segue os irmãos Roderick (Bruce Greenwood) e Madeline Usher (Mary McDonnell), herdeiros da dinastia Usher, que transformaram a Farmacêutica Fortunato em um império de privilégios, luxo e poder. Agora, isolados e doentes, habitam uma casa que um dia foi símbolo de sucesso, mas agora exala apenas decadência.

Sob a influência de uma misteriosa figura de seu passado, a dinastia Usher confronta segredos sombrios quando uma morte desencadeia uma grande tragédia. Com sustos convincentes, personagens fascinantes e a habilidade de Flanagan em criar um universo digno de Poe, a série cativa do início ao fim. A Queda da Casa de Usher se destaca como uma das melhores criações de Mike Flanagan, oferecendo uma experiência arrepiante e envolvente no universo do mestre do terror.

Treta (Netflix)

Em uma colaboração explosiva entre a A24 e a Netflix, Treta mergulha em um thriller provocador que tem início com um simples incidente no trânsito. O encontro entre um empreiteiro falido e uma empresária frustrada desencadeia uma espiral de fúria e impulsos sombrios, revelando camadas complexas dos personagens.

À medida que a narrativa se desenrola, Treta se torna cada vez mais pesada, intensa e descontrolada, cativando os espectadores com um suspense envolvente e imprevisível. A série se destaca como uma das melhores produções em live-action da Netflix deste ano.

Jury Duty (Prime Video)

Com o título de melhor comédia do ano, Jury Duty do Prime Video é uma pérola do humor no estilo documentário. Estreando oficialmente em abril na plataforma Freevee, subsidiária do Amazon Studios, a série é uma criação dos talentosos Lee Eisenberg e Gene Stupnitsky, produtores aclamados por seu trabalho em The Office.

A trama segue o julgamento através da perspectiva do jurado Ronald Gladden, interpretado por ele mesmo, sem saber que tudo ali é encenado. Com apenas oito episódios de cerca de 30 minutos cada, a produção americana, dirigida por Jake Szymanski e estrelada por James Marsden, Mekki Leeper e Edy Modica, é hilária, única e incrivelmente imersiva. Jury Duty promete ser uma forte candidata ao Emmy no próximo ano, conquistando o público com seu humor inteligente e abordagem original.

Samurai de Olhos Azuis (Netflix)

Samurai de Olhos Azuis, o anime da Netflix, emerge como uma excelente série que tem cativado fãs e acumulado elogios na internet. Com uma narrativa muito bem elaborada, personagens inteligentes e uma apresentação visual impecável, a produção se destaca como uma obra-prima do gênero. A história, totalmente original e criada exclusivamente para a Netflix pela dupla Green-Noizumi, transporta os espectadores para o Japão do período Edo no século XVII.

A trama segue Mizu, um samurai de ascendência mista, evidenciada pelos ‘olhos azuis’ do título, dotado de habilidades excepcionais com a espada. A jornada de vingança de Mizu contra quatro homens estrangeiros que ameaçam dominar o Japão desenrola-se de maneira envolvente. Samurai de Olhos Azuis brilha como uma obra de arte viva, oferecendo uma das melhores animações deste ano.

Os Outros (Globoplay)

A série original do Globoplay, Os Outros, se revela como uma das maiores surpresas do ano, carregando a assinatura do roteirista Lucas Paraizo, também responsável pela aclamada e premiada Sob Pressão (2017 – 2021). Ao assinar os doze episódios, Paraizo mergulha nas complexidades do cotidiano, provando que até mesmo as situações mais banais podem ter consequências extraordinárias. A trama se desenrola no Rio de Janeiro, especificamente no condomínio Barra Diamond, acompanhando a vida de duas famílias de classe média.

O que inicialmente parece ser um dia a dia comum entre vizinhos toma proporções inimagináveis quando uma briga entre os filhos das famílias se torna cada vez mais perigosa. Se atraídos pela intrigante trama, os espectadores são levados por uma montanha-russa emocional que lembra o caos de Treta, da Netflix. Os Outros é emocionante e imersiva do começo ao fim, revelando as nuances fascinantes do cotidiano que se transformam em um drama envolvente e surpreendente.

Ahsoka (Disney+)

Ahsoka, a mais recente adição ao universo de Star Wars no Disney+, apresenta-se como uma mega produção impecável que transporta os fãs para uma jornada épica. Com a talentosa Rosario Dawson reprisando seu papel como Ahsoka Tano, a série explora as profundezas da personagem, uma vez aprendiz de Anakin Skywalker.

Após deixar o Templo Jedi para trilhar seu próprio caminho, Ahsoka emerge como uma cavaleira Jedi, e posteriormente, em Rebels, como uma jedi cinza, enfrentando seu antigo mestre em sua forma sith. Ahsoka não apenas enriquece o rico universo de Star Wars com sua narrativa cativante, mas também se prova a melhor produção da Disney neste ano.

Cangaço Novo (Prime Video)

Embarque na trama da melhor produção brasileira do ano com Cangaço Novo no Prime Video. À deriva e descontente com sua vida, Ubaldo, um bancário sem memória de sua infância, se vê necessitando de dinheiro para cuidar de seu pai adotivo enfermo. No entanto, sua vida dá uma reviravolta significativa quando ele herda uma fortuna, alterando irreversivelmente o curso de sua história.

Estrelada por Allan Souza Lima, Thainá Duarte e a revelação absoluta Alice Carvalho, a série é grandiosa, eletrizante e capaz de tirar o fôlego do começo ao fim. Cangaço Novo se destaca como uma produção envolvente que promete deixar uma marca duradoura na televisão brasileira, oferecendo aos espectadores uma experiência repleta de emoções.

The Last of Us (HBO Max)

Em uma impressionante adaptação do game de sucesso da Naughty Dog e PlayStation, The Last of Us da HBO Max emerge como a maior surpresa do ano, elevando o padrão de qualidade da plataforma. A trama segue Joel, um sobrevivente endurecido e cínico, unindo forças com Ellie, uma jovem impetuosa, enquanto enfrentam as adversidades de um mundo pós-apocalíptico.

A narrativa leva os espectadores por uma jornada difícil pelos Estados Unidos, assolados por um surto pandêmico que deixou a humanidade à beira da extinção. A série é envolvente, épica e emocional, capturando a essência do jogo e oferecendo uma experiência televisiva de alta qualidade. The Last of Us se ergue como a melhor série de 2023, uma obra-prima que transcende as expectativas, proporcionando personagens inesquecíveis.

Leia também: As 10 PIORES séries que estrearam em 2023 para você passar longe


Aproveite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e também no Google News

Quer receber notícias direto no seu celular? Entre para o nosso canal no WhatsApp ou no Telegram.

Última Notícia

Mais recentes

Publicidade

Você também pode gostar: