2019 foi um ano incrível para as séries! Fomos presenteados pela Netflix, HBO e vários outros canais com produções excelentes e ótimas interpretações.

Confira as 10 melhores temporadas de séries em 2019. Estão nessa lista séries que começaram a sua temporada em 2019, e que estão a partir da segunda temporada.

Lembrando que a lista não é por ordem de preferência. Pra gente já é difícil demais escolher a lista das melhores, determinar uma ordem seria uma tortura.

Veja também: As 10 Melhores Séries Novas de 2019

POSE – 2° TEMPORADA

Sem a menor sombra de dúvida, Pose é uma das séries mais importante da década. Sua trama emociona ao lidar com tabus, ao explorar e exaltar a comunidade LGBTQ+ e, principalmente, em mostrar a diversidade, com um elenco quase por completo formado por pessoas trans e negros. A criação é da mente genial de Ryan Murphy (criador de séries como American Horror Story e Glee) e trata temas comuns em suas narrativas, além de ser uma deliciosa e dolorosa jornada sobre aceitação, amor e empatia. A 2ª temporada aprofunda a história dos seus personagens e ainda encontra tempo para cenas musicais e viagens divertidas. É imperdível como entretenimento de qualidade e ainda propõe uma aula sobre os famosos bailes, realizados pela comunidade LGBTQ+, lugar onde também faziam amigos, que se tornavam suas famílias em momentos de dificuldades. É linda, faz chorar e refletir.

FLEABAG – 2° TEMPORADA

2019 também será conhecido como o ano em que o mundo conheceu o fenômeno que é Phoebe Waller-Bridge, a mente criativa por trás de Killing Eve e Fleabag. Além de, claro, atuar com perfeição. A série é uma comédia simples, eficiente e direta, sendo sua 2ª temporada ainda mais icônica e divertida que a primeira. Dessa vez, em uma reviravolta inesperada do destino, Fleabag (Phoebe Waller-Bridge) conhece um padre (Andrew Scott) que a incentiva a ver o mundo de maneira diferente. Mesmo assim, ainda existem feridas não cicatrizadas que precisam curar. Os episódios curtos são perfeitos, a história avança com facilidade e o humor ácido e sofisticado do roteiro vai te fazer gargalhar. Infelizmente, essa é também a última temporada e a história se conclui redondinha, ainda assim, inesquecível. Obra de arte da Amazon Prime Video.

KILLING EVE – 2° TEMPORADA

Se a primeira temporada de Killing Eve já tinha sido um sucesso de crítica e de público, a segunda não ficou pra trás. O jogo de gato e rato entre Eve e Villanelle continuou com muito vigor na segunda temporada da série, com um show de atuação de Jodie Comer, o que garantiu o emmy de melhor atriz coadjuvante este ano. Pra quem não assistiu ainda Killing Eve tá disponível no Globoplay aqui no brasil.

STRANGER THINGS – 3° TEMPORADA

Stranger Things cresceu, literalmente, nessa terceira temporada. As crianças agora não são mais tão crianças assim, lidando com problemas maiores e mais profundos, mas sem perder o humor, as cores, a diversão. A série amadurece cada dia mais a cada passo, sem cair em grandes clichês. Sobretudo, a série se baseia nos personagens, nas suas dinâmicas, e no clima maravilhoso que tem entre todos eles. A química é palpável e visível. Mais uma vez, os irmãos Duffer nos trazem um mosaico de várias tramas simultâneas, complementares, mas que montam um roteiro quase impecável, harmonioso e sem fugir da mitologia principal. As novas personagens, Robin e Erica, são adições incríveis a trama. E, mais uma vez, nada melhor como acompanhar essas crianças, nesse trabalho impecável de direção, fotografia e trilha sonora, em mais uma fase de vida. Essa temporada resgatou a essência da série, emocionando e divertindo de diversas maneiras.

MINDHUNTER – 2° TEMPORADA

Mantendo o altíssimo nível da primeira temporada, David Fincher continua hipnotizando o espectador. Mantendo uma atmosfera de tensão constante, a nova temporada traz a aplicação das técnicas desenvolvidas na primeira temporada. Continuamos as entrevistas com os Serial Killers, com destaque pra aparição do magnânimo Charles Manson, mas temos um caso central, do Assassino de Atlanta, trazendo junto uma discussão sobre racismo, completamente incompreendido pelos agentes Ford e Tench, mas tendo uma visão nua e crua da tragédia, que o espectador enxerga, mas o policial branco jamais irá ver.

Também saímos um pouco do foco no agente Ford, e é a vez da família do agente Tench de aproximar o trabalho em campo dos agentes com suas vidas pessoais. Mais uma vez vamos nos desenvolvendo junto, aprendendo sobre os Serial Killers junto com eles. Ao lado disso, cenas do que virá a ser o BTK Killer permeiam a temporada, ainda cheias de mistério, e eu mal posso esperar para a temporada em que o conheceremos de fato.

THE CROWN – 3° TEMPORADA

Uma série que ficamos esperando por muito tempo, foi a terceira temporada de The Crown e essa a ansiedade era maior por causa de toda troca de elenco, principalmente para ver Olivia Colman como rainha Elizabeth e Helena Bohman Carter como princesa Margaret. E olha, sem palavras para essa terceira temporada. Uma das coisas que mais gostei foi que deixou de lado aqueles arcos mais longos e a maioria dos episódios resolve o problema ainda nele mesmo, como se a gente tivesse assistindo a cada episódio um filme sobre uma parte da história da realeza. Vida longa a rainha!

ELITE – 2° TEMPORADA

Elite volta pra segunda temporada, depois do sucesso da primeira, ainda melhor, mais provocante e surpreendente. Voltando as aulas depois do assassinato de Marina, plot central da primeira temporada, temos três novos (e excelentes) personagens, que trazem movimentações e novas complicações aos alunos do Las Encinas. Com a trama do assassinato mais de lado e um novo mistério central, a trama também concentra em desenvolver mais os personagens, suas histórias, seus dramas, ainda destacando o contexto social e o abismo econômico que os separa, catalisando ainda mais conflitos, tudo funcionando muito bem. Continuando sexualmente apelativa, com muitas festas, drogas e looks incríveis, a segunda temporada se mantém tão divertida e viciante quanto a primeira.

BARRY – 2° TEMPORADA

Outra grande série da HBO que só melhora em sua 2ª e épica temporada. Apesar do humor ácido único, o novo ano é mais sombrio que o anterior e a história de Barry, vivido com maestria por Bill Hader, segue para caminhos sem volta. O roteiro é inteligentíssimo e aposta na simplicidade e na força do elenco, para desenvolver episódios criativos e inspirados. Não há um único episódio se quer que seja fraco. As portas abertas para a 3ª temporada são instigantes e há um enorme potencial na história para ser uma versão que deu certo de Dexter.

911 – 3° TEMPORADA

9-1-1: L-R: Ryan Guzman, Peter Krause and Aisha Hinds in the “Kids Today” season premiere episode of 9-1-1 airing Monday, Sep. 23 (8:00-9:00 PM ET/PT) on FOX. © 2019 FOX MEDIA LLC. CR: Jack Zeman / FOX.

911 continua mostrando o brilhantismo de Ryan Murphy para contar histórias e encantar os espectadores. Começamos a temporada com a trama do tsunami, episódios angustiantes e com os cliffhangers na hora certa, que nos deixavam na adrenalina para o que ia acontecer. Continuamos também com os incríveis flashbacks dos personagens, inseridos de forma que o episódio nunca parece filler, mas se encaixa de uma maneira na narrativa e nos ajuda a entender mais aqueles universos e aqueles personagens. Angela Basset, como sempre, é um destaque. Que atuação dessa mulher! Aliás, o elenco todo dá show. Atuações viscerais, trazendo a tona pra discussão vários problemas de saúde mental dos nossos bombeiros queridos, e uma cena incrível para mostrar que o racismo institucional da polícia não imuniza nem aqueles que estão dentro da corporação. A temporada está em hiato e volta em março, mas já merece o destaque de melhores do ano!

THE MARVELOUS MRS. MAISEL – 3° TEMPORADA

Completando essa lista com outra série premiadíssima que mal chegou e já considero pacas. Estou falando sobre o retorno recente de The Marvelous Mrs. Maisel. Midge voltou com novos episódios no começo deste mês e toda qualidade do roteiro e atuações que já garantiu várias premiações para a série se mantém. O sucesso foi tanto que a Amazon já garantiu uma quarta temporada. Fala sério, ver a independência de Midge viajando em turnê fazendo o que ela sabe fazer melhor e lutando contra todo o preconceito e o sistema machista da década não tem preço né?

Gostaram da lista? Confere com a sua? Conta aqui nos comentários quais as melhores temporadas de séries na sua opinião.

Textos de Lúcio de Oliveira, Thiago Muniz e Gi Vasconcelos

Spread the love

Comments

comments

Share This