Coringa já está em cartaz nos cinemas arrecadando milhões em bilheteria e hoje vamos trazer algumas curiosidades sobre o filme mais falado do mês.

  • Curiosidade 1: Essa é a primeira vez do Joaquin Phoenix em um filme que é baseado em um quadrinho. O filme levou a premiação Leão de Ouro no último Festival de Cinema de Veneza, mesmo antes da sua estreia nas telas do cinema, e que de acordo com as críticas, tem tudo para garantir pelo menos o Oscar de Melhor Ator para Phoenix, assim como aconteceu com Heath Ledger em “O Cavaleiro das Trevas” em 2008.
  • Curiosidade 2: O filme fez 93,5 milhões de dólares  só na abertura nos EUA. O longa-metragem superou a marca atingida por “Venom” de maior lançamento de outubro. 
  • Curiosidade 3: Leonardo diCaprio e Bill Skarsgård estavam sendo cotados para fazer o Coringa antes de Phoenix aceitar o papel.
  • Curiosidade 4: o ator perdeu 23 quilos para interpretar o personagem e é o nosso quinto Coringa dos cinemas. o personagem já foi interpretado por: Jack Nicholson, Cesar Romero, Heath Ledger e Jared Leto.
  • Curiosidade 5: a risada desse novo Coringa foi baseada em um transtorno neurológico que faz rir sem controle.
  • Curiosidade 6: o longa tem uma cena que mostra um teatro exibindo Tempos Modernos, do Charlie Chaplin e o Coringa tem muito em comum com o personagem desse filme. Tanto pela luta de classes quanto pelas mudanças que a cidade de Gotham está enfrentando no filme.
  • Curiosidade 7: o filme tem referências envolvendo personagens que são destaques do universo da DC.
  • Curiosidade 8: é bom ter cuidado, pois o filme apresenta muitos gatilhos, principalmente sobre depressão e incitação a violência. Mas o filme justifica algumas atitudes e é necessário que o público tenha bastante discernimento e estar atento a essa questão. É um filme sem precedentes, mas que precisa ser visto com cautela.

Coringa é centrado no icônico arqui-inimigo e traz uma história original e independente nunca antes vista nos cinemas. A visão de Phillips sobre Arthur Fleck (Phoenix), um homem desprezado pela sociedade, não é apenas um corajoso estudo de personagem, mas também um conto de advertência mais amplo.

O elenco do filme também conta com Zazie Beetz (“Deadpool 2”), Bill Camp (“Operação Red Sparrow”, “A Grande Jogada”), Frances Conroy (série de TV “American Horror Story”, série do Hulu “Castle Rock”), Brett Cullen (“42 – A História de uma Lenda”, série da Netflix “Narcos”), Glenn Fleshler (séries de TV “Billions”, “Barry”), Douglas Hodge (“Operação Red Sparrow”, série de TV “Penny Dreadful”), Marc Maron (séries de TV “Maron”, “GLOW”), Josh Pais (ainda inédito “Motherless Brooklyn”, “Despedida Em Grande Estilo”) e Shea Whigham (ainda inédito “O Primeiro Homem”, “Kong: Ilha da Caveira”).

Phillips (trilogia “Se Beber, Não Case!”) dirige a partir de um roteiro coescrito por ele e Scott Silver (“O Vencedor”), baseado nos personagens da DC. O filme está sendo produzido por Phillips e Bradley Cooper sob a bandeira da Joint Effort, e Emma Tillinger Koskoff. A produção executiva fica a cargo de Richard Baratta, Michel Uslan, Joseph Garner e Bruce Berman.

Por trás das câmeras, Phillips conta com o diretor de fotografia Lawrence Sher (ainda inédito “Godzilla II – Rei dos Monstros”, trilogia “Se Beber, Não Case!”), o designer de produção Mark Friedberg (“Selma: Uma Luta Pela Igualdade”, “O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro”), o editor Jeff Groth (“Cães de Guerra”, “Se Beber, Não Case! Parte III”) e o figurinista ganhador do Oscar Mark Bridges (“Trama Fantasma”, “O Artista”).

Share This