Crítica | Historietas Assombradas: O Filme

[et_pb_section bb_built=”1″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text]

Depois do sucesso na TV por assinatura, pelo canal Cartoon Network, Historietas Assombradas para Crianças Malcriadas chegou aos cinemas em novembro. O longa narra de forma mais longa uma nova aventura de Pepe, uma criança de 12 anos que vive com a avó, uma bruxa-empresária. Após descobrir que é adotado, o garoto sai em busca de descobrir quem são os seus pais. Neste meio tempo, um vilão chamado Edmundo captura sua vó por engano e a aventura fica focada nestas duas problemáticas (achar os pais de Pepe e resgatar sua vó).

A animação tem direção de Victor-Hugo Borges, o mesmo responsável pela série de TV. Fugindo do óbvio de animação, Victor-Hugo traz em Historietas um tom obscuro, com rabiscados trashs, personagens cartunescos, lembrando as vezes as obras de Tim Burton. Com isso, Historietas Assombradas consegue chamar atenção tanto de seu público-alvo infantil, como dos adultos que acompanharão as crianças.

É importante frisar que quem não estiver familiarizado com os personagens pela série, ainda assim conseguirá situar-se na trama e se divertir igual os que já tinham conhecimento da série, até porquê as origens de Pepe nunca foram abordadas na série.

De maneira inusitada e sem medo de ousar, algumas piadas são colocadas para atingir os  mais velhos que estarão assistindo. Como é o caso dos pais de Marilu, críticos especializados de Teatro do Jornal de Casa, ou uma curta paródia ao fato de que toda animação precisa ter um musical.

Uma animação que tenta fugir dos clichês e consegue manter um ritmo agradável do início ao fim, essa é Historietas Assombradas. O filme está disponível para aluguel e/ou compra nas seguintes plataformas de streaming: NOW (R$11,90), VIVO PLAY (R$ 11,90), Google Play (Compra R$ 29,90 Aluguel R$9,90), iTunes (Compra US$6.99 Aluguel US$2.99).

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Spread the love

Comments

comments

Share This