Em 2019, a Pandora Filmes completa 30 anos de atuação e para celebrar esta data realizará uma semana de programação especial, no Petra Belas Artes. 13 longas cult lançados no Brasil pela distribuidora serão exibidos em película, além de 2 filmes inéditos. Algumas sessões serão seguidas de debates, realizados em parceria com a Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Os ingressos da mostra também terão preço especial a R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia) e poderão ser adquiridos na bilheteria do cinema ou pelo www.cinebelasartes.com.br, na semana de abertura da mostra.

“Nestes 30 anos pude realizar meu sonho de quando comecei: trazer para o Brasil o que de melhor era produzido no cinema mundial e relançar cópias restauradas de alguns dos maiores clássicos do cinema!!” comemora André Sturm.

A abertura para convidados será em 11 de setembro, com a exibição de “Papicha”, longa inédito no Brasil, que foi um dos destaques do último Festival de Cannes e escolhido para representar a Argélia na disputa por uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2020. Alguns ingressos serão sorteados para o público nas redes sociais da Pandora (@pandorafilmes).

“Fui formada pelos filmes distribuídos pela Pandora e é muito legal poder contribuir com esta história que segue com a mesma ousadia no presente. Seguimos apostando em filmes que depois são contemplados com a Palma, o Oscar e outros prêmios importantes, o que certifica nosso olhar afiado para o que há de mais relevante na cinematografia mundial” celebra Paula Cosenza.

Na programação, destaque para a exibição de “Trainspotting” com trilha sonora ao vivo, do indicado ao Oscar “As Bicicletas de Belleville”, “Amores Expressos”, primeiro filme de Wong Kar-Wai a estrear no país, e “Morte em Veneza”, de Luchino Visconti, que será exibido em cópia restaurada, além do inédito “Adoniran, meu nome é João Rubinato”, de Pedro Serrano.

Comments