Uma das estrelas de Better Call Saul disse que o final da série AMC está se aproximando.

Giancarlo Esposito disse que o prequel de Breaking Bad, que está atualmente em produção em sua quinta temporada, terminará na sexta. Isso o colocaria no mesmo nível de seu antecessor, que durou 62 episódios ao longo de cinco temporadas (com a quinta dividida em duas partes no ar, com cerca de um ano de diferença).

“É complicado com o [co-criador Vince Gilligan]”, disse o ator em entrevista ao Collider . “Se você olhar para o modelo Breaking Bad , ele disse cinco anos, cinco temporadas, mas na verdade foram seis com a temporada final dividida.”

Quanto a Better Call Saul, “haverá seis temporadas”, disse Esposito. “Parece que é desse jeito, o jeito confortável, acabar com esse show.”

AMC se recusou a comentar. Fontes disseram ao The Hollywood Reporter, no entanto, que um plano para o final do show não é definitivo.

Better Call Saul é definido vários anos antes dos eventos de Breaking Bad e narra a vida do personagem de Bob Odenkirk como ele transforma o basicamente decente Jimmy McGill no advogado criminal – ênfase em “criminal” – Saul Goodman.

A quarta temporada do programa terminou com Jimmy anunciando que começaria a praticar advocacia com um nome diferente, sinalizando sua volta para Saul. Após o final da temporada, o co-criador Peter Gould disse que, embora a série “pareça que estamos mais perto do fim do que do começo”, ele não tinha um final firme em mente.

“Antes da quinta temporada, acho que teremos uma ideia muito clara de quanto mais precisamos fazer”, disse Gould.

A quinta temporada de Better Call Saul não deve ir ao ar na AMC até o início de 2020. No Brasil, a série é transmitida pela Netflix.

Comments