Quatro meses em 2019 e a Disney está no ritmo de ter seu melhor ano de registro nas bilheterias. Ao longo dos próximos meses, o estúdio lançará Vingadores: Ultimato, Aladdin, Toy Story 4 e O Rei Leão. Apesar de já ter tido um sucesso sem precedentes na venda antecipada de ingressos, alguns analistas de bilheterias acham que Vingadores: Ultimato poderia receber uma forte concorrência de O Rei Leão, remake em live-action de Jon Favreau.

“A única coisa que pode até tocá-lo [ Vingadores: Ultimato ] em termos de bilheteria mundial, pode ser O Rei Leão, só porque essa é a joia da coroa que a animação da Disney tem em seu cofre,” afirmou o analista sênior da Exhibitor Relation Co.’s, Jeff Bock.

Bock nos diz que as estrelas se alinharam para a Casa do Mickey, com o Rei Leão tendo o necessário para torná-lo um dos maiores sucessos de bilheteria de todos os tempos.

“Nós vimos o quão poderoso era na época, com John Favreau dirigindo, não há dúvida de que poderia competir em todo o mundo com Vingadores: Ultimato”, continua Bock.

O analista fez questão de mencionar que Vingadores: Ultimato terá mais do que provavelmente a maior abertura de todos os tempos – tanto no mercado interno quanto no mundo – e isso é algo que O Rei Leão não chega perto de tocar. Ele, no entanto, acha que o último poderia confiar na nostalgia para dar as pernas do filme em uma corrida de bilheteria saudável e competitiva.

Com uma campanha de pré-venda tão grande para Vingadores: Ultimato, os números de rastreamento estão em todos os lugares. Alguns relatos sugerem que o filme dirigido pelos Irmãos Russo está aberto entre US$ 200 milhões e US$ 250 milhões, enquanto outros acham que pode ser o primeiro a quebrar US$ 300 milhões no mercado interno em sua estreia.

Vingadores: Ultimato estreia em 25 de abril, enquanto o Rei Leão ruge nos cinemas em 18 de julho.

Fonte: ComicBook

Comments