Festival Varilux de Cinema Francês, que traz a nova safra da cinematografia francesa aos cinemas brasileiros anualmente, realiza o 3º Laboratório Franco-Brasileiro de Roteiroscoordenado por François Sauvagnargues, especialista de ficção e ex-diretor geral do FIPA, o Festival Internacional de Programação Audiovisual (Biarritz, França). Parte integrante das atividades paralelas que estimulam o intercâmbio cultural no âmbito do Festival, o curso acontece no Rio de Janeiro entre 3 e 7 de junho, fruto de parceria entre o Festival e o Conservatório Europeu de Escrita Audiovisual (CEEA).

O laboratório pretende explorar os fundamentos e a metodologia da construção dramática aplicando-os no desenvolvimento de projetos concretos de roteiros de ficção de longa metragem para cinema e séries para televisão. Durante uma semana, 15 projetos serão analisados por três roteiristas franceses consagrados, formadores no Conservatório Europeu de Escrita Audiovisual (CEEA): Corinne Klomp, David Crozier e Didier Lacoste. As inscrições, para se candidatar a uma vaga, podem ser realizadas no site do festival, no qual os interessados também poderão ter acesso ao regulamento e obter informações sobre como proceder.

Festival Varilux de Cinema Francês é realizado pela produtora Bonfilm e tem como patrocinador principal a Essilor/Varilux, além do Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura; a Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro; a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Outros parceiros importantes são as unidades das Alianças Francesas em todo Brasil, as distribuidoras dos filmes e os exibidores de cinema independente/de arte e as grandes redes de cinema comercial.

Comments