No final dos anos 1960, Charles Manson usou seus poderes de persuasão em indivíduos que estavam em busca de orientação, explorando esses “seguidores” e convencendo-os a realizar crimes violentos em seu nome. Indiscutivelmente os crimes mais conhecidos cometidos por esta “Família Manson” foi o assassinato da atriz Sharon Tate em 1969, junto com outros quatro seguidores do Manson encontrados em uma casa em Los Angeles, Califórnia. Nas décadas seguintes, Manson tornou-se uma figura mítica para o que ele foi capaz de convencer seus seguidores a fazer, com sua persona sendo representada em vários elementos da cultura pop. O novo filme Charlie Says, com foco no Manson, estreou um novo pôster antes de seu lançamento em 10 de maio.

Confira:

Anos após os assassinatos chocantes que fizeram o nome Charles Manson sinônimo de puro mal, as três mulheres que mataram para ele – Leslie Van Houten (Hannah Murray), Patrícia Krenwinkel (Sosie Bacon) e Susan Atkins (Marianne Rendón) – permanecem sob o feitiço do líder do culto infame (Matt Smith). Confinados a um bloco de celas isolado em uma penitenciária da Califórnia, o trio parece destinado a viver o resto de suas vidas sob a ilusão de que seus crimes eram parte de um plano cósmico – até que o empático aluno de pós-graduação Karlene Faith (Merritt Wever) é recrutado para reabilitá-las. Convencido de que os prisioneiros não são os monstros inumanos que o mundo acredita que sejam, Karlene começa o árduo processo de derrubar as barreiras psicológicas erguidas por Manson. Mas as mulheres estão prontas para enfrentar o horror do que fizeram? Mary Harron (Psicopata Americano, I Shot Andy Warhol),  apresenta uma nova perspectiva provocativa sobre um dos crimes mais notórios do século XX.”

Charlie Says estreia nos EUA em 10 de maio.

Comments