A ex-atriz de “Smallville”, Allison Mack, se declarou culpada em um tribunal federal do Brooklyn por seu envolvimento no caso do culto sexual NXIVM.

Mack, que é mais conhecida por seu papel como Chloe Sullivan em “Smallville” , foi indiciada em abril de 2018 por acusações de tráfico sexual, conspiração por tráfico sexual e conspiração para cometer trabalhos forçados. Ela havia se declarada inocente das acusações e enfrentará 15 anos de prisão se condenada.

De acordo com os promotores, Mack recrutou mulheres para o NXIVM, uma rede de programas de autoajuda com sede em Albany, Nova York. Os recrutas foram informados de que o grupo ajudaria no empoderamento das mulheres. Os promotores dizem que a organização foi criada como um esquema de pirâmide, com cursos custando milhares de dólares. Os promotores também alegam que o líder do grupo, Keith Raniere, estabeleceu um culto sexual secreto dentro da organização, no qual “escravos” eram marcados em suas áreas pélvicas com suas iniciais.

Mack é acusada de coagir duas de suas “escravas” a fazer sexo com Raniere, pelo qual ela recebeu benefícios financeiros.

Raniere, 57, foi preso em março de 2018. Os promotores alegam que ele obrigou as mulheres, das quais havia até 50, a permanecer no grupo ameaçando liberar fotos nuas ou outro material nocivo.

Fonte: Variety

Comments