O Santos Futebol Clube é o time que mais balançou as redes adversárias em toda a história do futebol mundial e seus mais de 12.500 gols são protagonistas no documentário “Santos de Todos os Gols”, da diretora Lina Chamie (Tônica Dominante (2001), A Via Láctea (2007) e Santos, 100 anos de futebol arte (2012)). O longa alterna imagens das mais diversas épocas do clube e mostra jogadas marcantes de nomes importantes do esporte, como Pelé, Pepe, Coutinho, Robinho e Neymar Jr.

Torcedores como Zeca Baleiro e José Miguel Wisnick, Mônica Waldvogel, entre outros, relembram a sensação de ver o placar favorável ao Alvinegro Praiano, e jogadores de diferentes gerações de craques alvinegros, como Carlos Alberto Torres, Edú, Serginho Chulapa, Giovanni, Ricardo Oliveira, contam suas experiências em campo e o que mais os marcou enquanto usavam a camisa do Santos. Falam inclusive dos gols não feitos, perdidos de formas inacreditáveis, que poderiam mudar o resultado de uma partida e de um campeonato.

Finais felizes, como o milésimo gol do Rei do Futebol, e não tão felizes, como a final perdida da Copa do Brasil de 2015 também estão registrados no longa. “Santos de Todos os Gols” é um filme que investiga a emoção e os significados do gol, e por isso aposta numa narrativa mais sensorial. Uma vez que as palavras não dão conta de descrever uma emoção, é preciso senti-la.

“Santos de Todos os Gols” é uma produção da Canal Azul e conta com a distribuição da Elo Company. Com estreia marcada para 18 de abril em 20 salas de 19 cidades do país, o filme é parte do Projeta às 7, parceria da distribuidora com a Cinemark, que abre uma nova janela para o cinema nacional.

Assista ao trailer:

Comments