Geek ou Nerd? Eis a questão! É cada vez mais comum nos deparamos com esses dois termos, seja em artigos na internet ou até quem sabe em uma conversa no dia a dia. Mas afinal, existe diferença entre os dois?

Apesar de não parecer, é possível afirmar sim que há uma distinção entre os Geeks e os Nerds. Saber diferenciar um do outro pode ajudar especialmente para quem quer criar um blog destinado para um desses públicos.

Já há um consenso que tanto os geeks quanto os nerds são devotos de vários personagens da cultura pop. Eles geralmente são fãs de Star Wars, quadrinhos, games e estão atentos a tudo que a Apple e outras gigantes da tecnologia lançam no mercado.

No entanto, a diferença entre os grupos reside no fato dos nerds gostarem dos conceitos mais acadêmicos e científicos. Ou seja, para um nerd não basta apreciar a série Star Trek, é necessário também entender a física quântica por trás do roteiro.

É possível afirmar com isso que os nerds possuem a tendência de serem mais ligados a estudos, enquanto que os geeks são mais voltados para a cultura pop, se aprofundando em detalhes relacionados a filmes, games, literatura e tecnologia.

Uma breve análise dos Geeks

O termo geek já existia no idioma inglês desde o século XIX. É bem verdade que não era lá um predicado muito agradável. Lá naquela época chamar alguém de geek significava dizer que o indivíduo era tolo ou alienado.

Com o passar do tempo, o termo foi ganhando um novo significado, perdendo boa parte do seu conceito pejorativo e chegou até os dias de hoje, em que um geek pode estufar o peito e dizer o quanto é bom ser geek.

Os geeks ganharam respeito, afinal, eles se tornaram um público consumidor bastante fiel aos produtos que eles compram. Se hoje os super-heróis elevam a bilheteria dos cinemas a níveis estratosféricos, boa parte da culpa é dos geeks.

Se a indústria dos games, dos aplicativos e da música está bem, pode colocar um pouco disso também na conta dos geeks.

Por essa razão, ao investir em um projeto de conteúdo na web, não deixe de olhar com carinho para esse tipo de público.

Os geeks quando entram no mercado de trabalho geralmente atuam em funções como, por exemplo, designer gráfico, programação ou  publicidade. Também é comum ver os geeks atuando com produção de vídeo, história em quadrinhos e literatura.

Se você tem dúvidas de como o seu site pode fisgar o público geek, crie um blog sobre filmes e séries de TV. Não economize em postagens sobre Star Wars, sobre Marvel, DC e sobre os mais recentes lançamentos da Netflix.

Os vídeos também são uma excelente maneira de dialogar com a galera geek. Nesse caso você pode criar um canal no Youtube para falar a respeito de games, por exemplo, ou se preferir pode manter o foco em histórias em quadrinhos.

Porém, é importante aqui um lembrete: seja qual for o tema abordado em seu projeto, a pesquisa e a correção das informações é o ingrediente básico para o sucesso. “Geek” pode até significar tolo, mas de bobo esse público não tem nada.

Um breve histórico dos nerds

O Rush, um antigo power trio canadense, certa vez foi carinhosamente chamado pelos fãs como “uma das bandas mais nerds do rock”.

Não era para menos, pois nas letras do Rush estavam explícitas referências a obras como “O Senhor dos Anéis”, mitologia grega e filosofia, aliás, altas doses de filosofia.

No início da década de 80, o Rush lançou o clipe do seu hit chamado “Subdivisions”, que retratava o quanto ser nerd naquela época poderia ser difícil. Isso ilustra o fato de que, em um passado não tão remoto, os nerds, tal e qual os geeks, eram os excluídos.

Hoje ser nerd não é o suplício que era no passado. Além disso, uma das principais características desse grupo – e que serve até para diferenciá-los da maioria dos geeks – é o apreço que eles nutrem por assuntos relacionados à ciência e filosofia.

Quer saber onde um nerd trabalha? Geralmente é em algum laboratório científico, ou em programação de computador ou também gerenciando uma empresa.

Para você criar um conteúdo na internet capaz de dialogar com os nerds, experimente falar sobre cultura pop, mas ao mesmo tempo trazendo informações sobre física, matemática, biologia e outras ciências.

Utilizar vídeos também é uma abordagem que pode render uma infinidade de acessos vindos desse público.

Conclusão

Os geeks e os nerds, com as suas semelhanças e também diferenças estão aí, no nosso dia a dia, consumindo e até produzindo cultura e conteúdo.

Portanto, independente do “rótulo”, saiba que ambas as tribos se identificam com tecnologia e com conteúdo de qualidade. Por isso, ao criar o seu projeto web capriche nesse aspecto.

Texto enviado por Alan Medeiros

Comments