A CADE – Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica poderá vetar a tão aguardada fusão entre a 21th Century Fox e The Walt Disney Company no Brasil.

Segundo o parecer do órgão, a decisão pode ser causada pelos canais de esportes pertencentes as companhias (ESPN da Disney e Fox Sports). A CADE verificou que a fusão gera preocupações concorrenciais.

Como atualmente há apenas um canal que poderá fazer concorrência nessa categoria (SporTV), a fusão poderia gerar uma queda na qualidade e diversidade do conteúdo esportivo, além de aumento de custos que poderiam ser repassados aos consumidores.

Se o CADE decidir vetar a transação, as duas empresas não poderão se fundir no Brasil.

Os acionistas da The Walt Disney Co. e da 21st Century Fox votaram em julho do ano passado a aprovação da aquisição de US$ 71,3 bilhões dos ativos de TV e filmes da Fox. Com as coisas agora embrulhadas, a Disney se encarregará de seus grandes e pequenos estúdios de tela, para não mencionar certos negócios a cabo e internacionais que a empresa possui atualmente.

Enquanto isso, a Fox continuará em uma forma muito diferente com um portfólio de empresas de notícias, esportes e transmissão, incluindo o Fox News Channel, o Fox Sports e uma variedade de canais semelhantes.

Comments