Os 10 piores filmes de 2018

[et_pb_section bb_built=”1″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text]

Nem só de filmes bons o cinema sobreviveu em 2018, teve muito filme ruim também!

Em uma difícil missão de escolher os dez piores filmes deste ano nossa equipe chegou em um consenso nos títulos abaixo, com uma breve justificativa da escolha do filme. Entretanto, não fomos capazes de opinar em ordem de preferência nesse quesito.

Confira abaixo:

Han Solo: Uma História Star Wars

Han Solo: Uma História Star Wars é aquele típico filme que poucos queriam, mas na realidade, ninguém precisava ver. Além de causar uma clara saturação da marca Guerra nas Estrelas – com a falta de criatividade em vista e uma óbvia busca por caça-níquel -, o derivado também mexe em elementos desnecessários da origem do contrabandista, deixando de lado desenvolvimentos e relacionamentos que seriam mais interessantes de serem contados. Nunca antes um filme de Star Wars tinha tão poucos elementos de Star Wars. (Leia a nossa crítica completa)

Venom

Não existe construção de personagens, nem profundidade para a trama, as coisas simplesmente acontecem para que o filme siga sem qualquer tipo de pausa. Venom é um filme muito ruim em todas as vertentes que tenta atingir e talvez por isso esteja sendo colocado no mesmo patamar de obras horrendas como Mulher Gato e Lanterna Verde. (Leia a nossa crítica completa)

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

O filme não apresenta um avanço significativo do ponto em que o seu antecessor havia parado, evidenciando o problema que J.K.Rowling está tendo para desenvolver um roteiro que sustente cinco filmes. (Leia a nossa crítica completa)

Jurassic World: Reino Ameaçado

O terror inerente, os personagens interessantes e a originalidade da ideia se perdem neste filme em meio a cenas megalomaníacas por parte de J.A. Bayona, com dinossauros se enfrentando no ar e um protagonista digno dos anos 80, fora de seu tempo. (Leia a nossa crítica completa)

Tomb Raider

Tomb Raider: A Origem deposita todas as suas forças em sua personagem principal, uma das poucas que consegue chegar aos ouvidos e ser reconhecida além de jogos, e na atuação de Vikander, que consegue se encaixar perfeitamente no script do filme. Não é, infelizmente, a adaptação que gostaríamos de ter. (Leia a nossa crítica completa)

Círculo de Fogo: A Revolta

As peculiaridades de Del Toro – chamativas, estranhas, esquisitas e espalhafatosas – ficaram para trás, sendo agora o foco a simples batalha épica e grandiosa, e os personagens simplistas, sem grande profundidade. Bruscamente, Círculo de Fogo perde totalmente sua essência, seu diferencial e seu apelo ao público adulto – que sentia certa vergonha em admitir – mais parecendo um novo Transformers do que a continuação daquele ótimo filme pipoca que chegou aos cinemas em 2013. (Leia a nossa crítica completa)

A Barraca do Beijo

Prometendo ser uma obra simples e divertida, o longa apresenta diversos furos de roteiro aliados a uma perigosa mensagem sobre relacionamentos e muitos, mas muitos lugares-comuns.

The Titan

Entre poucas virtudes e numerosas falhas, com personagens inexplicáveis e um roteiro caótico, talvez “The Titan” até consiga ficar um tempo na mente do público… como uma das piores ficções científicas já feitas. Até quem consegue não se importar com erros grotescos deve ter a sensação de que qualquer outra obra do vasto catálogo da plataforma de streaming teria sido uma melhor opção.

A Casa Que Jack Construiu

A Casa que Jack Construiu’ é um drama que tenta ser terror e, de fato, choca e não é para estômago fraco. As cenas de violência são pesadas, desconfortantes e causam mal-estar. Toda a essência que fez do diretor um ícone está na trama, mesmo que da forma mais singela possível, quase que prestando uma homenagem a si mesmo, porém, passa longe do brilhantismo perturbador que são suas obras mais extraordinárias. (Leia a nossa crítica completa)

Slender Man: Pesadelo Sem Rosto

‘Slender Man: Pesadelo Sem Rosto’ desperdiça uma das histórias mais interessantes da internet em um filme tão fraco quanto a força de vontade da equipe de fazer um terror digno de sua lenda. (Leia a nossa crítica completa)

O que achou da lista? Fala pra gente nos comentários qual o seu top 10.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Spread the love

Comments

comments

Share This