Baby | Drama da Netflix é acusado de promover o tráfico sexual

[et_pb_section bb_built=”1″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text]

Um novo drama da Netflix sobre a prostituição adolescente está sendo criticado pelo Centro Nacional de Exploração Sexual, que está acusando o serviço de streaming de promover o tráfico sexual.

A série, Baby, que estreia no catálogo nesta sexta-feira, é descrita como explorando a vida secreta de um grupo de estudantes adolescentes romanos. Eles desafiam a sociedade na busca de identidade e independência, em meio a casos de amor proibidos, pressões familiares e segredos compartilhados.

Mas a organização alega que o programa de oito episódios “retrata um grupo de adolescentes entrando na prostituição como uma história glamorosa de ‘maioridade’” e observa que no escândalo da vida real em que a série é baseada, “a mãe de um dos adolescentes foi preso por tráfico sexual.

“Apesar de estar no marco zero do movimento #MeToo, a Netflix parece ter ficado completamente surda nas realidades da exploração sexual”, disse Dawn Hawkins, diretora executiva do Centro Nacional de Exploração Sexual. “Apesar dos protestos de sobreviventes de tráfico sexual, especialistas no assunto e prestadores de serviços sociais, a Netflix promove o tráfico sexual ao insistir em transmitir Baby. Claramente, a Netflix está priorizando os lucros sobre as vítimas de abuso”.

Erik Barmack, vice-presidente da International Originals na Netflix, elogiou a série quando foi anunciada pela primeira vez em janeiro: “Estamos orgulhosos de continuar investindo em conteúdo original na Itália, e a Baby é representante da programação nova e arrojada de produtores talentosos que nós amamos. Nós não poderíamos estar mais animados para começar a trabalhar neste show. ”

Para o qual Hawkins agora responde: “Não há absolutamente nada ‘ousado’ sobre a exploração sexual de menores. Esta série glamoriza o abuso sexual e banaliza a experiência de inúmeras mulheres e homens menores de idade que sofreram com o tráfico sexual. ”

Em janeiro, o Centro, juntamente com um grupo de “sobreviventes de tráfico sexual e / ou especialistas no assunto”, enviou uma carta aos executivos da Netflix expressando sua “profunda preocupação” em relação ao drama italiano.

A Netflix não se pronunciou até o momento.

Assista ao trailer de Baby:

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Spread the love

Comments

comments

Share This