Faltando apenas algumas semanas para a Sony lançar a animação Homem-Aranha no Aranhaverso, a Sony Pictures Animation já está juntando as peças não apenas para uma sequência, mas também para uma animação derivada.

Joaquim Dos Santos, conhecido por seu trabalho na série de desenho animado Avatar: O Último Mestre do Ar e, mais recentemente, a série Voltron, da Netflix , foi escolhido para dirigir a sequência. David Callaham, que escreveu Os Mercenários e trabalhou em Mulher-Maravilha 1984, assim como Zumbilândia 2, está escrevendo.

Ao mesmo tempo, Lauren Montgomery, que também trabalhou em Voltron e co-dirigiu filmes de animação Batman: Ano Um e Superman / Batman: Apocalypse para DC, está em negociações para liderar um projeto centrado na Spider-Gwen que reunirá os heróis femininos em o universo de personagens do Homem-Aranha em uma aventura. Bek Smith, que escreveu episódios do programa da CBS Zoo, vai escrever o roteiro.

Amy Pascal, que é produtora do Spider-Verse , bem como dos filmes live-action, estará de volta à presidência para esses projetos. Phil Lord e Chris Miller, os cérebros por trás do Spider-Verse, devem estar envolvidos de forma criativa, embora nenhum acordo tenha sido feito. Avi Arad e Christina Steinberg também devem retornar em alguma função.

Detalhes da sequência não estão sendo revelados, mas sementes foram plantadas na próxima turnê inaugural, na qual o personagem Miles Morales é o centro das atenções.

Para o spinoff feminino, não há detalhes da trama na web neste momento, mas procure o projeto para se concentrar no favorito dos fãs, Spider-Gwen. Spider-Woman, Madame Web, Spider-Girl e Silk são outras possíveis candidatas.

A Sony está capitalizando muito em todos os aspectos do Homem-Aranha que pode. Venom, filme baseado em um vilão do Homem-Aranha, quebrou recordes de bilheteria em outubro e giram mais de US$ 822 milhões em todo o mundo desde sua estreia em 5 de outubro.

“Homem-Aranha: No Aranhaverso” apresenta a história do adolescente do Brooklyn, Miles Morales, e as infinitas possibilidades do Aranhaverso, onde mais de um pode usar a máscara. O longa tem roteiro de Phil Lord e é dirigido por Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman.

No Brasil, o filme tem previsão de estreia para 10 de janeiro de 2019.

Fonte: THR

Comments